Jovem Pan

Jovem Pan encerra “demissão” de Adrilles Jorge

Durou cerca de 40 dias a “demissão” do ex-BBB Adrilles Jorge do cargo de comentarista da Jovem Pan. Ele havia sido afastado do canal após encerrar sua participação num programa com uma suposta saudação nazista.

Adrilles vai integrar o “Morning Show”, programa multiplataforma transmitido pela emissora e pela rádio Jovem Pan FM, a partir de segunda (28/3).

“Voltei para a Jovem Pan e acho que não deixa de ser, não um reconhecimento de um erro, mas um reconhecimento de que o cancelamento que foi feito contra mim foi absolutamente covarde e maluco”, disse ele ao site NaTelinha, nesta sexta-feira (25/3).

Colunistas especializados em TV sugeriram que a demissão nunca se materializou de fato, pois Adrilles teria continuado a receber pagamentos e a frequentar as dependências da Jovem Pan.

Além do gesto que culminou em sua “demissão”, ele é conhecido por ser desrespeitoso, gritar e interromper colegas e convidados ao vivo.

Vale apontar que não é a primeira vez que a Jovem Pan “demite” e “recontrata” um comentarista envolvido em polêmica. O mesmo aconteceu em 2020 com Rodrigo Constantino, após uma fala controvertida sobre estupro.