Divulgação/HBO

House of the Dragon: Prólogo de “Game of Thrones” encerra gravações

As gravações da 1ª temporada de “House of the Dragon”, série derivada de “Game of Thrones”, foram oficialmente encerradas. A informação foi divulgada nas redes sociais do escritor George R. R. Martin, autor do universo literário em que a trama se baseia.

Em sua conta oficial do Twitter, ele escreveu: “Notícias emocionantes de Londres. Fui informado de que as gravações terminaram para a 1ª temporada de ‘House of the Dragon'”, ele escreveu, anexando na mensagem um pôster não oficial.

Centrado na família Targaryen, o clã de Daenerys, a série se passará 200 anos antes da série original, e traz Paddy Considine (“Peaky Blinders”) no papel do Rei Viserys Targaryen, escolhido pelos senhores de Westeros para sentar no Trono de Ferro e liderar o continente, Matt Smith (“Doctor Who”) como o príncipe príncipe Daemon Targaryen, Emma D’Arcy (“Truth Seekers”) como a princesa Rhaenyra Targaryen, Rhys Ifans (“O Espetacular Homem-Aranha”) como o Mão do Rei (a segunda posição oficial mais poderosa nos Sete Reinos), Olivia Cooke (“Bates Motel”) como sua filha Alicent Hightower e Steve Toussaint (“It’s a Sin”) como Lord Corlys Velaryon, a Serpente do Mar.

A história gira em torno de uma crise de sucessão. O bondoso rei Viserys I passou a vida treinando sua filha Rhaenyra para assumir o seu lugar no Trono de Ferro. Porém, após a morte de Viserys, um conflito se instala, dividindo a família e dando início a uma guerra civil. O evento ficou conhecido nos livros de George R.R. Martin como “Dança dos Dragões”.

A trama foi co-criada pelo roteirista Ryan J. Condal (criador da série sci-fi “Colony”) e o próprio Martin, e é baseada num livro já publicado da saga, “Fogo & Sangue”.

A produção ainda conta com o retorno de um diretor veterano de “Game of Thrones”, Miguel Sapochnik, responsável pelo famoso episódio da “Batalha dos Bastardos”, que dirige o piloto e capítulos adicionais da nova atração.