Divulgação/Bungie

Sony compra produtora de games que criou “Halo”

A Sony, dona do PlayStation, reagiu à compra da Activision Blizzard pela Microsoft e anunciou nesta segunda (31/1) a aquisição da produtora de games Bungie por US$ 3,6 bilhões.

O negócio acontece duas semanas após a Microsoft fechar acordo para comprar a Activision Blizzard por US$ 75 bilhões, marcando uma nova onda de aquisições, agora no mercado de games, após a fusão de conglomerados de mídia.

A ironia da compra atual é que a Bungie fazia parte da estrutura da Microsoft, tendo sido responsável pela criação do aclamado jogo de tiro em primeira pessoa “Halo: Combat Evolved”. O game foi fundamental para o sucesso do Xbox, incursão da Microsoft em consoles de videogames, e gerou várias sequências, antes que a Bungie se separasse da empresa de software em 2007.

Outro detalhe do timing da negociação é que no domingo (30/1), um dia antes do anúncio, a plataforma de streaming Paramount+ divulgou o primeiro trailer da série baseada no game “Halo”.

A Microsoft manteve os direitos sobre “Halo”, mas o time da Sony já identificou outra franquia para desenvolver em conteúdos para streaming: “Destiny”.

As ações do Grupo Sony negociadas em Nova York subiram 4,1% após o anúncio na tarde desta segunda-feira. ​