Divulgação/Paramount

“Pânico” tira “Homem-Aranha” do topo das bilheterias nos EUA

“Pânico” estreou em 1º lugar nas bilheterias da América do Norte neste fim de semana, tirando “Homem-Aranha: Sem Volta para Casa” do topo com US$ 30,6 milhões de arrecadação. Como se trata de um feriadão nos EUA, a projeção para os quatro dias é de US$ 35 milhões.

No exterior, o reboot-continuação arrecadou mais US$ 18 milhões em 50 mercados. O Reino Unido liderou com US$ 3,4 milhões.

O filme também contou com críticas positivas, atingindo 75% de aprovação no site Rotten Tomatoes. Um feito para uma franquia que tem 25 anos de idade e ainda passou por mudanças em seu comando criativo – foi o primeiro filme não dirigido por Wes Craven, que faleceu em 2015.

Depois de liderar as vendas de ingressos por quatro semanas, “Homem-Aranha: Sem Volta para Casa” ficou em 2º lugar, com US$ 20,8 milhões. Ao todo, o filme atingiu US$ 703,9 milhões, tornando-se o quarto filme a superar a marca de US$ 700 milhões nas bilheterias domésticas.

A coprodução da Sony e Disney/Marvel também ultrapassou os US$ 900 milhões internacionalmente para terminar este domingo (16/1) com uma impressionante arrecadação global de US$ 1,62 bilhão.

Filmes da Universal vem a seguir, com a animação “Sing 2” (US$ 8,3 milhões) e o thriller de espionagem feminina “As Agentes 355” (US$ 2,3 milhões).

“King’s Man: A Origem” aparece disputando o 4º lugar com “As Agentes 355”, com praticamente a mesma arrecadação. Os dois têm algo mais em comum: são considerados fracassos comerciais.