Gal Gadot admite erro com vídeo de “Imagine” no começo da pandemia: “Mau gosto”

Dois anos após cometer um vídeo cantando “Imagine” com amigos famosos, no começo da pandemia, a atriz Gal Gadot assumiu que a iniciativa foi de “mau gosto” e “não era a coisa certa” para se fazer naquele momento.

Publicado no instagram da intérprete da Mulher-Maravilha em março de 2020, o vídeo juntou artistas como Natalie Portman, Jimmy Fallon, Norah Jones, Jamie Dornan, Sia, Will Ferrell, Kristen Wiig, Pedro Pascal, Amy Adams, Zoe Kravitz e Mark Ruffalo entoando os versos da música de John Lennon para supostamente passar uma mensagem de esperança diante da crise sanitária. Mas em vez disso, o karaokê de famosos virou alvo de memes e zombarias na internet, consagrando-se como símbolo da desconexão das celebridades com a realidade.

“A pandemia já estava na Europa e em Israel antes de chegar aqui [aos EUA] da mesma forma. Eu estava vendo para onde tudo estava indo. Mas [o vídeo] foi prematuro. Não era o momento certo e não era a coisa certa. Era de mau gosto. Tinha intenções puras, mas às vezes você não acerta no alvo”, afirmou ela em entrevista à revista InStyle.

A atriz ainda contou que mais tarde zombou de si mesma cantando “Imagine” ao receber um prêmio no Elle Women in Hollywood Awards, realizado em outubro do ano passado. “Eu não me levo muito a sério. Eu senti que queria zoar isso, então [o evento] foi uma oportunidade deliciosa.”

Gadot já havia comentado sobre o vídeo anteriormente em uma entrevista à Vanity Fair no final de 2020. “Às vezes você tenta fazer uma boa ação e simplesmente não é a boa ação certa”, disse ela na ocasião. “Eu não tinha nada além de boas intenções e veio do melhor lugar. Eu só queria enviar luz e amor para o mundo.”

Apesar de assumir o equívoco, ela decidiu não apagar o vídeo, que pode ser visto abaixo.