Divulgação/Universal

The Rock não volta a “Velozes e Furiosos” e critica Vin Diesel por usar morte de Paul Walker

O ator Dwayne “The Rock” Johnson deixou claro que não vai voltar a “Velozes e Furiosos” para o desfecho da franquia. Ele explodiu qualquer chance ao criticar Vin Diesel por usar a morte de Paul Walker em um pedido público para que voltasse no desfecho da saga.

A declaração foi dada à rede CNN, quando Johnson foi questionado sobre a publicação de Diesel. Em novembro, o intérprete de Dominic Toretto fez um apelo nas redes sociais para The Rock “não deixar a franquia” e voltar ao papel de Hobbs.

“Eu disse direta e pessoalmente ao Vin Diesel que não voltaria para a franquia. Fui firme, mas cordial em minhas palavras. Disse a ele que apoiaria o elenco sempre e torceria para que a franquia fosse bem-sucedida, mas que não havia a menor chance de eu voltar”, disse Johnson.

Em seguida, lamentou a publicação de Diesel, feita após a recusa, criticando o fato de ele citar os próprios filhos e também a morte de Walker, que foi um membro importante de “Velozes e Furiosos” — o ator morreu em 2013, aos 40 anos, vítima de um acidente de trânsito.

“Meu irmãozinho Dwayne… O momento chegou”, disse Diesel em seu apelo. “O mundo aguarda o fim de ‘Velozes e Furiosos 10’. Como você sabe, minhas crianças se referem a você como Tio Dwayne na minha casa. Não há um feriado que eu não te mande mensagens. Mas a hora chegou. O legado aguarda. Eu te disse anos atrás que eu ia cumprir minha promessa para Pablo (Paul Walker)”.

“A publicação dele nas redes sociais foi um exemplo de manipulação”, reclamou Johnson. “Não gostei dele ter trazido seus filhos para a situação, assim como a morte de Paul Walker. Deixe-os fora disso. Tínhamos falado meses atrás sobre isso e chegamos a um entendimento”, declarou.

Por fim, The Rock disse “lamentar” que o atrito de bastidores entre ele e Vin Diesel tenha sido exposto dessa forma, mas deseja que toda a equipe dos filmes tenha “toda sorte e sucesso no próximo capítulo”.

The Rock estreou na franquia no quinto filme, passado no Rio de Janeiro e lançado em 2011. Ele interpretou o policial Hobbs em quatro longas-metragens oficiais, incluindo o derivado “Hobbs & Shaw” (2019). Mas ele e Vin Diesel se desentenderam durante as filmagens de “Velozes e Furiosos 8” (2017) e o problema dos bastidores acabou vindo à público em postagens do próprio Johnson no Instagram. O astro só fez “Velozes e Furiosos: Hobbs & Shaw” porque Diesel não participou da produção.