Divulgação/The CW

“Republic of Sarah” termina nos EUA com 0,0 de audiência

A cancelada série “Republic of Sarah” teve a pior despedida possível, com seu último episódio batendo recorde negativo de audiência nos EUA. A atração se despediu da programação da rede The CW na noite de segunda-feira (6/9) marcando 0,0 ponto de audiência, de acordo com a contabilização da Nielsen. Deu traço, um feito extremamente raro.

A rede The CW raramente cancela séries, mas o desempenho da 1ª e única temporada de “Republic of Sarah” foi tão ruim que não teve como segurar a atração. Vista por apenas 299 mil espectadores ao vivo na saideira, só teve mais público no canal que “Dynasty” (244 mil), série misteriosamente incancelável apesar de quase ninguém assistir.

Inédita no Brasil, a trama seguia a Sarah do título, uma professora de ensino médio (Stella Baker, de “Tell Me Your Secrets”) que se aproveita de uma lacuna cartográfica para declarar independência de sua pequena cidade, antes que uma empresa de mineração gananciosa possa assumir controle do local. Assim, Sarah passa liderar um jovem grupo de desajustados enquanto tenta iniciar seu próprio país do zero.

O elenco ainda destacava Luke Mitchell (“Blindspot”) no papel de irmão de Sarah, que também é o advogado da empresa de mineração, além de Ian Duff (“Judas e o Messias Negro”), Nia Holloway (do reality “Majors & Minors”) e Hope Lauren (atualmente nos cinemas em “Uma Noite de Crime: A Fronteira”).