blank Instagram/Olivia Colman

Emmy 2021 só premiou atores brancos

O Emmy 2021 distribuiu 12 prêmios de atuação na noite de domingo (19/9). Todos eles para atores brancos.

A situação foi um grande contraste em relação à lista dos indicados. Na disputa de Melhor Ator, por exemplo, havia quatro intérpretes negros e apenas dois brancos. Mesmo assim, venceu o inglês Josh O’Connor.

Ao todo, 44% dos atores que disputaram o Emmy eram não-brancos, um recorde, mas isso não repercutiu nas premiações.

Fora das categorias de atuação, a cerimônia principal do Emmy 2021 teve apenas dois vencedores negros: RuPaul, que como produtor venceu o troféu de Melhor Reality de Competição por “RuPaul’s Drag Race” – e de quebra se tornando a pessoa negra mais premiada da história do Emmy – , e Michaela Coel, que recebeu o prêmio de Melhor Roteiro em Minissérie por “I May Destroy You”.

O tom de derrota foi dado logo na abertura da cerimônia, quando o apresentador Cedric the Entertainer fez piada sobre a dificuldade que atores não-brancos enfrentam em premiações. “A boa notícia é que temos muitas pessoas negras indicadas nesta noite. Como o meu amigo Anthony Anderson… Esta é a 11ª indicação dele, mas hoje Anthony concorre contra Michael Douglas e Ted Lasso. Boa sorte, parceiro, mas preciso dizer: parece que ainda é difícil aqui para a gente”.

Outros atores não-brancos indicados ao Emmy 2021 que acabaram ignorados pelos votantes foram Mj Rodriguez e Billy Porter (ambos de “Pose”), Kenan Thompson (de “Kenan” e “Saturday Night Live”), Rosie Perez (“The Flight Attendant”), Bowen Yang (“Saturday Night Live”), Cynthia Erivo (“Genius: Aretha”), Lin-Manuel Miranda e todo o elenco de “Hamilton”, além da própria Michaela Coel (“I May Destroy You”).

Durante a madrugada desta segunda (20/9), a hashtag #EmmySoWhite tornou-se um dos tópicos mais mencionados no Twitter.