Divulgação/SBT

Governo aumenta classificação etária de “Chiquititas”

Depois da série do cachorro Rin Tin Tin, exibida há seis décadas no Brasil, ter a classificação etária aumentada para 14 anos, a Coordenação de Política de Classificação Indicativa, subordinada ao Ministério da Justiça, também resolveu aumentar a restrição de “Chiquititas”, novela estrelada por crianças.

Os dois programas são exibidos atualmente pelo mesmo canal, o SBT.

Em seu lançamento, no ano de 2013, “Chiquititas” havia ganhado a classificação “livre”, mas agora, sob o governo Bolsonaro, foi reclassificada para maiores de 12 anos.

A nova análise afirma que a novela apresenta elementos com “conteúdo inadequado com criança ou adolescente”, como atos violentos, descrição de violência, exposição ao perigo, agressão verbal, lesão corporal e presença de sangue.

O SBT terá cinco dias para exibir a nova classificação.