blank Facebook/Christiane Louise

Dubladora da pata Margarida é assassinada no Rio

A dubladora Christiane Louise de Paula da Silva, de 49 anos, que dava voz à pata Margarida nos desenhos da Disney, foi assassinada no Rio de Janeiro. Seu corpo foi encontrado há alguns dias em uma área de vegetação na praia de Grumari, zona oeste do Rio de Janeiro, envolto em lençóis e sacos plásticos, e no sábado (14/8) a polícia prendeu o economista Pedro Paulo Gonçalves Vasconcellos da Costa, 27, pelo crime.

Durante o depoimento na delegacia, ele confessou o assassinato.

Segundo os investigadores, Christiane foi morta dentro de seu apartamento em Ipanema, Zona Sul do Rio, e o corpo levado de carro até Grumari. A arma utilizada foi um cálice quebrado, que cortou a garganta da vítima. O economista alegou ter agido em legítima defesa depois de um surto da dubladora. Mas o caso tem muitas lacunas.

Os dois eram amigos. Conheceram-se em 2017 numa clínica psiquiátrica durante um tratamento. Nos últimos tempos, Pedro Paulo teria tido uma crise e foi acolhido por Christiane no apartamento dela em Ipanema.

A investigação aponta que Pedro teve a ajuda de duas pessoas no crime, uma delas a própria mãe, Eliane Gonçalves Vasconcellos da Costa, que se encontra foragida. O cadáver de Christiane teria ficado de dois a três dias no apartamento antes de ter sido retirado, com ajuda de uma terceira pessoa ainda não identificada e transportado num carro não localizado.

Uma das principais suspeitas é que Pedro Paulo e sua mãe estavessem interessados no patrimônio de Christiane.

Os policiais encontraram computadores avaliados em R$ 10 mil e os celulares da dubladora na casa de Eliane. Ela e o filho chegaram a vender algumas roupas da vítima.

Além da Margarida, ela dublava Helen Lovejoy, Edna Krabappel e Manjula na série “Os Simpsons”, a Sra. Morello na série “Todo Mundo Odeia o Chris”, a heroína Zatanna em “Liga da Justiça sem Limites” e muitos personagens de videogames, como Cortana de “Halo”, Mercy de “Overwatch”, Sivir do “League of Legends” e novamente Zatanna em “Injustice: Gods Among Us”.