blank Divulgação/DC Comics

Batgirl pode ser loira, negra ou latina em filme, de acordo com testes de atrizes

A Warner não tem critério definido para escolher a Batgirl do cinema, além do fato de buscar uma mulher com mais de 20 e menos de 30 anos. A situação veio à tona em artigos dos sites americanos Deadline, The Wrap e Variety desta segunda (19/7), que não entraram no mérito da diferença radical entre as candidatas ao papel.

Segundo as publicações, a busca do estúdio pela atriz que estrelará o primeiro filme da heroína tem como favoritas Leslie Grace e Haley Lu Richardson. A primeira é uma atriz negra latina, vista recentemente no musical “Em Um Bairro em Nova York”, enquanto a segunda é uma branca loira que estrelou “A Cinco Passos de Você”. As duas só tem uma coisa em comum: a idade de 26 anos.

Para comprovar a falta de foco, o estúdio também teria testado a latina clara Isabela Merced (“Dora e a Cidade Perdida”), que tem apenas 20 anos, e a morena clara Zoey Deutch (“The Politician”), de 27.

De acordo com as reportagens, a Warner ainda pretende sondar outras atrizes, mas no momento a disputa estaria entre as citadas. Diante disso, os fãs podem esperar uma Batgirl negra, latina, morena ou loira, de 20 a 27 anos.

Isto geralmente significa que o perfil da personagem é genérico, podendo ser interpretado por qualquer atriz dentro da (ampla) faixa etária apresentada, independente da cor. Só não estão buscando asiáticas.

Nos quadrinhos, a personagem é uma das ruivas mais famosas da DC Comics. Das candidatas citadas, Zoe Deutch é a única conhecida por adotar e ficar bem com tintura ruiva nos cabelos.

O filme tem roteiro de Christina Hodson, que escreveu “Aves de Rapina” e também assina o vindouro filme do “Flash”, e direção da dupla Adil El Arbi e Bilall Fallah, responsáveis pelo sucesso de “Bad Boys Para Sempre” (2020).

A escolha quebra uma regra não escrita dos estúdios, que vinham escalando mulheres para dirigir filmes de heroínas dos quadrinhos. A própria Warner fez isso com “Mulher Maravilha” (dirigido por Patty Jenkins) e “Aves de Rapina” (de Cathy Yan).

Por outro lado, a dupla de “Bad Boys” sucede outra opção masculina para a adaptação. Joss Whedon começou a escrever o primeiro roteiro em 2017, mas nunca encontrou o tom e desistiu (antes de se envolver em várias polêmicas por mau comportamento nos bastidores de “Liga da Justiça” e se queimar em Hollywood).

Em março desse ano, a Warner confirmou que, em meio a essas mudanças, continuava a avançar com o filme. A revelação aconteceu durante a apresentação de uma lista de produções em desenvolvimento com conteúdo baseado em propriedades da DC Comics.

“Batgirl”, porém, não deve chegar aos cinemas e sim ser lançado diretamente na HBO Max.

Veja abaixo o post do Deadline com as fotos das atrizes testadas.