Divulgação/FX on Hulu

“American Horror Stories” revisita cenários da série original

O produtor Ryan Murphy disponibilizou uma cena completa de “American Horror Stories”, que revela uma conexão da nova série de antologia de terror com o universo de sua matriz. O vídeo apresenta a versão feminina do “Homem de Borracha”, um dos personagens mais icônicos da temporada inaugural de “American Horror Story”.

A “Mulher de Borracha” foi parte importante da promoção do novo lançamento de streaming, mas não é a única referência à atração principal em seus episódios. Os dois primeiros capítulos foram disponibilizados nesta quinta (15/7) na plataforma americana Hulu e trazem mais elementos de “Murder House” e “Roanoke”, respectivamente 1ª e 6ª temporada de “American Horror Story”.

Graças às citações, fica claro que “American Horror Stories” se passa no mesmo mundo da série original, o que permite retomar alguns dos cenários e personagens vistos anteriormente.

Assim, a única diferença da atração estreante para a original acaba sendo mesmo o formato. “American Horror Stories”, no plural, conta uma história diferente a cada um ou dois capítulos, em vez de estender sua trama por uma temporada completa como a série com título no singular.

Por conta da maior quantidade de histórias, o elenco também é mais numeroso. A 1ª temporada inclui Rhenzy Feliz, Virginia Gardner (ambos de “Fugitivos da Marvel”), Paris Jackson (filha de Michael Jackson), Danny Trejo (o “Machete”), Matthew Bomer (“Patrulha do Destino”), John Carroll Lynch (“Os 7 de Chicago”), Kevin McHale (“Glee”), Charles Melton (“Riverdale”), Madison Bailey (“Outer Banks”), Nico Greetham (“A Festa de Formatura”), Dyllón Burnside (“Pose”), Sierra McCormick (“A Vastidão da Noite”), Belissa Escobedo (“A Bela e o Padeiro”), Kyle Red Silvestein (“Yellowstone”), a top model Kaia Gerber (“Cidades Irmãs”), o cantor Gavin Creel (“O Maravilhoso Mundo de Disney”) e a estreante Ashley Martin Carter.

Ainda inédita no Brasil, a nova série só deve chegar por aqui com o lançamento da plataforma Star+ (Star Plus, a “Hulu brasileira”) em 31 de agosto.