Divulgação/HBO Max

Crítica americana acha especial de “Friends” “uma chance perdida”

O especial de reencontro de “Friends” foi disponibilizado nesta quinta-feira (27/5) nos EUA e teve grande repercussão nas redes sociais. Mas muitos dos detalhes adorados pelos fãs foram duramente criticados pela imprensa norte-americana.

“Friends: The Reunion” teria sido “uma chance perdida” para boa parte da crítica. “Superficial”, “bobo” e “cansativo” foram alguns dos adjetivos escolhidos para definir o programa.

“Quando são os seis, a reunião é como assistir à série: passar tempo com seus amigos! Ouvi-los é colocar a vida em dia! Rir das memórias compartilhadas!”, diz o site Indiewire, numa análise repetida pela maioria dos sites em inglês, que consideraram todo o resto problemático. “Cada parte do programa em que não são apenas os seis falando, luta para justificar sua existência”, resumiu a revista Rolling Stone.

De um modo geral, o formato imaginado pelo produtor e diretor Ben Winston (que trabalha no talk show de James Corden) atrapalhou justamente o que os fãs mais queriam ver: o reencontro de Jennifer Aniston, Courteney Cox, Lisa Kudrow, Matt LeBlan, David Schwimmer e Matthew Perry.

A entrevista do elenco por James Corden, as participações especiais de famosos e até um desfile de moda foram amplamente rejeitados. Destaque negativo, o espaço dado a David Beckham foi considerado o elemento mais irritante, uma vez que outros convidados que efetivamente tinham relação com a série pouco puderam mostrar além de si mesmos por alguns segundos, no melhor (ou pior) estilo oi-tchau.

O site Deadline resumiu os prós e os contras da seguinte forma: “Se você é um dos fãs de ‘Friends’ por aí, o especial da HBO Max é exatamente o que você queria desde que a série saiu do ar. No entanto, se você não é um amante da série, vai querer pular a festa superestimada de quase duas horas, que é mais enrolação do que emoção”.

Ao final, o programa ficou com 63% de aprovação no Rotten Tomatoes.

Os fãs brasileiros precisarão esperar mais um mês para discutir se a crítica tem razão, pois o especial é disponibilizado com exclusividade pela plataforma HBO Max, que ainda não está disponível no Brasil. A data de estreia nacional do serviço de streaming da WarnerMedia foi revelada na quarta-feira (26/5): dia 29 de junho.