Instagram/Golden Globes

Spike Lee é confirmado como presidente do júri do Festival de Cannes 2021

O Festival de Cannes oficializou a manutenção de Spike Lee como presidente do júri da próxima edição do evento. O diretor de “Infiltrado na Klan” e “Destacamento Blood” tinha sido escolhido para presidir o júri do festival do ano passado, mas a edição de 2020 foi cancelada por causa do coronavírus.

“Durante todos os meses de incerteza que enfrentamos, Spike Lee sempre nos apoiou e encorajou. Este apoio vai finalmente dar frutos, e não poderíamos ter escolhido uma personalidade mais poderosa para nos guiar por estes tempos atribulados”, disse Pierre Lescure, diretor do Festival de Cannes, em comunicado.

Spike Lee será o primeiro afro-americano a ocupar a presidência do júri do festival francês. Ele terá a tarefa de suceder o diretor mexicano Alejandro González Iñárritu, que presidiu a premiação com louvor em 2019, apresentando ao mundo “Parasita”, do sul-coreano Bong Joon Ho, vencedor da Palma de Ouro em 2019 e, posteriormente, do Oscar em 2020.

A seleção dos filmes que disputarão a Palma de Ouro deverá será revelada em junho, assim como os nomes que acompanharão o cineasta nova-iorquino nas votações dos filmes e artistas premiados.

A edição 2021 do Festival de Cannes está marcada para acontecer entre 6 e 17 de julho, dois meses após a data tradicionalmente adotada pelo evento – que costuma ser realizado em maio.

Apesar de tudo estar sendo marcado, os cinemas permanecem fechados na França desde outubro, quando o país entrou num segundo lockdown como medida de prevenção contra o coronavírus.