Divulgação/ABC

Grey’s Anatomy mata personagem importante

Depois de uma pausa de pouco mais de dois meses, “Grey’s Anatomy” voltou ao ar na noite de quinta-feira (11/3) nos Estados Unidos e logo de cara… spoiler.

Leia abaixo por sua conta e risco. Mas a informação pode atrapalhar o prazer de assistir a série na TV, exibida com atraso no Brasil pelo canal pago Sony. O último episódio antes da pausa só irá ao ar na terça que vem (16/3).

A midseason da 17ª temporada começou com a morte de um personagem do elenco fixo, muito querido pelos fãs. Introduzido em 2015, na 11ª temporada, o dr. Andrew deLuca (Giacomo Gianniotti) não resistiu ao ser esfaqueado enquanto tentava denunciar uma operação de tráfico sexual. O médico morreu na mesa de cirurgia após os colegas tentarem salvá-lo dos ferimentos.

Em suas redes sociais, Giacomo Gianniotti agradeceu aos fãs pelo apoio durante os seis anos e 126 episódios em que apareceu em “Grey’s Anatomy”. “Tanto que eu poderia dizer, mas tudo o que vem à mente é ‘obrigado’. Obrigado a todos os fãs que amaram DeLuca tanto quanto eu amei. Contar a história dele foi e será uma das maiores honras da minha vida. Obrigado”, declarou.

Após a exibição do episódio, a showrunner Krista Vernoff também foi ao Twitter prometer que os fãs ainda verão o personagem de novo — em flashbacks ou sonhos, como já aconteceu com outros membros do elenco que morreram na série.

“Giacomo permanece um integrante da nossa família, não só em perpetuidade, como também ainda nesta temporada. Vocês o verão novamente, como ator e como diretor. Esta era a história que precisávamos contar [sobre DeLuca]. Às vezes, nós roteiristas ficamos tão em luto pelos personagens quanto vocês”, ela contou.

Em entrevista à revista Entertainment Weekly, Vernoff acrescentou que a morte não foi planejada. A história fez parte de um crossover entre “Grey’s Anatomy” e seu spin-off, “Station 19”, e originalmente não deveria incluir nenhuma fatalidade.

“Não havia uma decisão sobre matar o personagem e uma discussão sobre como faríamos isso. Havia uma ideia na minha cabeça de DeLuca seguindo a traficante fora do hospital, passeando pela cidade, se recusando a parar e, depois, levando um soco no estômago por algum companheiro dela”, explicou Krista. “Você pensa que ele levou um soco, mas percebe que ele foi esfaqueado. Depois vamos para ‘Grey’s Anatomy’ e sua visita a Meredith (Ellen Pompeo) na praia. Toda a sequência veio na minha mente e eu percebi: ‘Meu Deus, nós estamos matando DeLuca?’ Foi isso o que aconteceu. Ninguém queria matar DeLuca. Eu não queria matar DeLuca!”, acrescentou. “Nós queríamos honrar o fato de que não sentimos que tínhamos encerrado o arco do tráfico sexual e essa era a nossa história”, esclareceu.

Na semana passada, a showrunner também revelou que a atual temporada pode ser a última da série.