Divulgação/Netflix

Glenn Close vai disputar prêmios de Melhor e Pior Atriz Coadjuvante do ano

Com a revelação da lista de indicados ao Oscar 2021, Glenn Close entrou para um seleto grupo de atores indicados simultaneamente aos prêmios de melhor e pior interpretação do ano pelo mesmo papel.

Glenn Close disputa o Oscar e o Framboesa de Ouro como Melhor e Pior Atriz Coadjuvante por “Era Uma Vez um Sonho”. Trata-se da oitava indicação da estrela, que nunca levou a estatueta da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas.

Além de Atriz Coadjuvante, “Era Uma Vez um Sonho” disputa um Oscar de Melhor Maquiagem. Já no Framboesa de Ouro, o filme também emplacou nas categorias de Pior Direção, com Ron Howard, e Pior Roteiro, com Vanessa Taylor.

Anteriormente, apenas dois outros atores receberam as indicações simultâneas de sinais trocados. Ambos nos anos 1980. James Coco foi o pioneiro em 1982, com “O Doce Sabor de um Sorriso”, e Amy Irving ficou no fogo cruzado em 1984 por “Yentl”, musical dirigido por Barbra Streisand. Nenhum deles foi premiado.

Vale lembrar que Sandra Bullock passou por situação similar, mas não exatamente igual em 2010, quando foi duplamente consagrada. Um dia antes de receber o Oscar por “Um Sonho Possível”, ela demonstrou bom humor ao comparecer ao Framboesa de Ouro para receber pessoalmente o troféu de Pior Atriz por “Maluca Paixão”.