Divulgação/Vitrine Filmes

Spirit Awards 2021: Bacurau é indicado ao “Oscar” do cinema independente dos EUA

A organização do Film Independent (Cinema Independente) divulgou nesta terça (26/1) os indicados à premiação do Spirit Awards 2021, considerado o Oscar do cinema independente americano. E o Brasil está representado em dois títulos na lista.

“Bacurau”, de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles, vai disputar o troféu de Melhor Filme Internacional, enquanto “Nine Days”, do paulista Edson Oda, foi selecionado como Melhor Longa de Estreia.

A inclusão de “Bacurau”, um ano após a seleção de “A Vida Invisível” para o mesmo prêmio, é uma curiosa coincidência. Os dois filmes disputaram a indicação da Academia Brasileira de Cinema para tentar uma vaga no Oscar do ano passado, com o filme de Karim Aïnouz sendo selecionado. Como “Bacurau” ficou de fora daquela disputa, os distribuidores atrasaram seu lançamento nos EUA. O filme só chegou aos cinemas americanos em 2020, qualificando-se assim aos prêmios da atual temporada em Hollywood.

Já “Nine Days” é uma produção hollywoodiana inédita no Brasil, com tema espiritual e estrelada por Winston Duke (“Pantera Negra”), Zazie Beetz (“Coringa”) e Benedict Wong (“Doutor Estranho”). Edson Oda já tinha sido premiado pelo roteiro deste filme no Festival de Sundance passado.

A disputa principal é liderada por “Never Rarely Sometimes Always”, sobre os obstáculos que uma adolescente encontra para fazer um aborto. Com sete indicações, o filme de Eliza Hittman foi o mais lembrado, sendo seguido de perto por “Minari”, drama de Lee Isaac Chung, vencedor do Festival de Sundance, que conta a história de uma família de imigrantes sul-coreanos em busca de construir uma vida no sul rural dos EUA.

Ambos os filmes competem na categoria de Melhor Filme com “Nomadland”, drama de Chloé Zhao que venceu os festivais de Veneza e Toronto, “A Voz Suprema do Blues”, último filme de Chadwick Boseman (que disputa o troféu de Melhor Ator), e “First Cow”, da cineasta Kelly Reichardt.

A lista dos indicados também destaca “Uma Noite em Miami”, estreia da atriz Regina King (“Watchmen”) na direção, como o filme selecionado para receber o troféu especial Robert Altman, como melhor combinação de elenco e cineasta.

A premiação do Film Independent Spirit Awards 2021 acontece no próximo dia 22 de abril, três dias antes da cerimônia do Oscar.

Vale lembrar que “A Despedida” (The Farewell) foi o vencedor do ano passado. O fato de o Oscar ter ignorado completamente a obra de Lulu Wang não desvaloriza o Spirit Awards. Ao contrário, ressalta a importância de um prêmio que realmente celebra o melhor do cinema americano – e não apenas blockbusters.

Veja abaixo a relação completa dos indicados.

CINEMA

Melhor Filme
“First Cow”
“A Voz Suprema do Blues”
“Minari”
“Never, Rarely, Sometimes, Always”
“Nomadland”

Melhor Direção
Lee Isaac Chung (“Minari”)
Emerald Fennell (“Promising Young Woman”)
Eliza Hittman (“Never, Rarely, Sometimes, Always”)
Kelly Reichardt (“First Cow”)
Chloe Zhao (“Nomadland”)

Melhor Filme de Estreia
“I Carry You With Me”
“Nine Days”
“The 40 Year Old Version”
“The Sound of Metal”
“Miss Juneteenth”

Melhor Atriz
Nicole Beharie (“Miss Juneteenth”)
Viola Davis (“A Voz Suprema do Blues”)
Sidney Flanigan (“Never, Rarely, Sometimes, Always”)
Julia Garner (“The Assistent”)
Frances McDormand (“Nomadland”)
Carey Mulligan (“Promising Young Woman”)

Melhor Ator
Riz Ahmed (“The Sound of Metal”)
Chadwick Boseman (“A Voz Suprema do Blues”)
Rob Morgan (“Bull”)
Steven Yeun (“Minari”)
Adarsh Gourav (“O Tigre Branco”)

Melhor Atriz Coadjuvante
Alexis Chikaeze (“Miss Juneteenth”)
Yeri Han (“Minari”)
Valerie Mahaffey (“French Exit”)
Talia Ryder (“Never, Rarely, Sometimes, Always”)
Yuh-jung Youn (“Minari”)

Melhor Ator Coadjuvante
Coleman Domingo (“A Voz Suprema do Blues”)
Orion Lee (“First Cow”)
Paul Raci (“The Sound of Metal”)
Glynn Turmann (“A Voz Suprema do Blues”)
Benedict Wong (“Nine Days”)

Melhor Roteiro
“Má Educação”
“Minari”
“Você Nem Imagina”
“Never, Rarely, Sometimes, Always”
“Promising Young Woman”

Melhor Roteiro de Estreia
Kitty Green (“The Assistent”)
Noah Hutton (“Lapsis”)
Channing Godfrey Peoples (“Miss Juneteenth”)
Andy Siara (“Palm Springs”)
James Sweeney (“Straight Up”)

Melhor Fotografia
Jay Keitel (“She Dies Tomorrow”)
Shabier Kirchner (“Bull”)
Michael Latham (“The Assistent”)
Hélène Louvart (“Never, Rarely, Sometimes, Always”)
Joshua James Richards (“Nomadland”)

Melhor Edição
“I Carry You With Me”
“O Homem Invisível”
“Residue”
“Never, Rarely, Sometimes, Always”
“Nomadland”

Melhor Documentário
“Collective”
“Crip Camp”
“As Mortes de Dick Johnson”
“Time”
“The Mole Agent”

Melhor Filme Internacional
“Bacurau”
“The Disciple”
“Night of the Kings”
“Preparations to be Together for an Unknown Period of Time”
“Quo Vadis, Aida?”

Prêmio John Cassavetes
“The Killing of Two Lovers”
“La Leyenda Negra”
“Língua Franca”
“Residue”
“Saint Frances”

Prêmio Piaget Producers
Kara Durrett
Lucas Joaquin
Gerry Kim

Prêmio Someone to Watch
David Midell (“The Killing of Kenneth Chamberlain”)
Ekwa Msangi (“Farewell Amor”)
Annie Silverstein (“Bull”)

Prêmio Truer Than Fiction
Cecilia Aldarondo (“Landfall”)
Elegance Bratton (“Pier Kids”)
Elizabeth Lo (“Stray”)

Prêmio Robert Altman
“Uma Noite em Miami”

TELEVISÃO

Melhor Série
“I May Destroy You”
“Little America”
“Small Axe”
“A Teacher”
“Nada Ortodoxa”

Melhor Série Documental
“Atlanta’s Missing and Murdered: The Lost Children”
“City So Real”
“Immigration Nation”
“Love Fraud”
“We’re Here”

Melhor Atriz em Série
Elle Fanning (“The Great”)
Shira Haas (“Nada Ortodoxa”)
Abby McEnany (“Work in Progress”)
Maitreyi Ramakrishnan (“Eu Nunca…”)
Jordan Kristine Seamón (“We Are Who We Are”)

Melhor Ator em Série
Conphidance (“Little America”)
Adam Ali (“Little America”)
Nicco Annan (“P-Valley”)
Amit Rahav (“Nada Ortodoxa”)
Harold Torres (“Zero, Zero, Zero”)

Melhor Elenco em Série Nova
“I May Destroy You”