Divulgação/Netflix

Pequenos Grandes Heróis terá continuação

A Netflix anunciou que o filme infantil “Pequenos Grandes Heróis”, de Robert Rodriguez, foi visto por 44 milhões de assinantes desde sua estreia no dia de Natal. Por conta disso, a empresa já encomendou a sequência da produção.

Rodriguez – que escreveu, dirigiu e produziu “Nós Podemos Ser Heróis” – vai retornar para conceber e comandar o novo filme.

Vale lembrar que “Nós Podemos Ser Heróis” já era uma continuação tardia de “As Aventuras de Sharkboy e Lavagirl em 3-D” (2005), primeiro filme estrelado por Taylor Lautner (da franquia “Crepúsculo”).

O anúncio do novo longa acompanhou um comunicado sobre o sucesso dos lançamentos mais recentes da empresa, que teriam transformado o período de 25 a 31 de dezembro na semana de maior audiência da história da Netflix.

Além de “Pequenos Grandes Heróis”, duas outras produções originais foram responsáveis pelo aumento de público entre o Natal e o Ano Novo no streaming.

Depois de vazar extra-oficialmente que “O Céu da Meia-Noite” pode virar seu filme mais visto, a empresa acrescentou que “Bridgerton” foi visualizada por 63 milhões de assinantes desde que estreou no dia de Natal.

É importante notar, no entanto, que a Netflix não mede sua audiência de maneira realista. A empresa considera suas visualizações baseando-se no número de assinantes que assistiram a pelo menos dois minutos de um determinado conteúdo. Na verdade, o anúncio significa que 63 milhões de assinantes viram dois minutos de “Bridgerton” e 44 milhões deram play por dois minutos em “Pequenos Grandes Heróis”, o que é bem diferente de contabilizar a audiência completa da série ou do filme.