Divulgação/Disney

Raya e o Último Dragão terá lançamento simultâneo nos cinemas e na Disney Plus (Disney+)

Apesar da estreia de “Mulan” em streaming, a Disney não demonstrou inclinação para seguir a opção radical da WarnerMedia, que decidiu lançar todo seu calendário de 2021 simultaneamente nos cinemas e em sua plataforma, HBO Max. Durante o evento corporativo batizado de Dia do Investidor, na noite de quinta (10/12), a Disney anunciou apenas um lançamento simultâneo.

A nova animação do estúdio, “Raya e o Último Dragão” (Raya and the Last Dragon), chegará aos cinemas e à Disney Plus (Disney+) em 12 de março. A estreia em streaming, porém, será cobrada a parte dos assinantes do serviço, como aconteceu com “Mulan” nos EUA, dentro da proposta de première digital.

Criada pelo roteirista vietnamita-americano Qui Nguyen (“The Society”) e a roteirista malaia Adele Lim (“Podres de Ricos”), Raya tem traços asiáticos e é dublada em inglês por Kelly Marie Tran, a rebelde Rose Tico da franquia “Star Wars”. Ela é uma guerreira destemida que busca salvar seu reino das forças do mal.

A trama se passa em uma terra de fantasia fictícia chamada Kumandra, que foi dividida em cinco regiões com diferentes clãs de pessoas, que antes viviam em harmonia com os dragões. Porém, monstros malignos chamados Druun invadiram esse mundo e os dragões se sacrificaram para salvar a humanidade. Quinhentos anos depois, os Druun estão de volta, mas um dragão foi deixado para trás, caso a ameaça reaparecesse.

Raya, então, parte atrás do último dragão, chamado Sisu, que pode se transformar em um ser humano. Ela encontra a criatura na forma de uma velha (dublada por Awkwafina, de “Jumanji: Próxima Fase”), e as duas devem recuperar a identidade perdida do dragão para deter os Druun para sempre.

Além dessa dupla, a trama também destaca o bichinho de estimação da heroína, Tuk Tuk, um adorável tatu-bola – que fica menos fofo após se tornar gigante.

A animação é dirigida por Don Hall (“Moana”), Carlos López Estrada (“Ponto Cego”) e os estreantes na função Paul Briggs e John Rippa, veteranos da Disney que trabalharam em várias animações famosas do estúdio, de “A Princesa e o Sapo” (2009) a “Zootopia” (2016).

A animação deveria estrear nos cinemas em novembro, mas a pandemia de coronavírus adiou sua distribuição para 12 de março de 2021 nos EUA. A data foi mantida pela Disney e o lançamento ampliado com a opção de streaming.

Confira abaixo os trailers da produção, em versões dublada e legendada em português.