Divulgação/The CW

Série do herói Raio Negro pode ganhar derivado centrado em Painkiller

A série “Black Lightning”, do super-herói Raio Negro, pode ganhar um spin-off. O showrunner da atração, Salim Akil, está desenvolvendo um piloto centrado no personagem Painkiller.

O piloto será apresentado como um episódio comum da 4ª temporada de “Black Lightning”. Será o sétimo capítulo exibido em 2021, que terá roteiro, produção e direção de Salim Akil, centrando-se no anti-herói vivido por Jordan Calloway.

A estratégia é comum na rede The CW, mas não costuma dar muito certo. A série “Supernatural” chegou a plantar dois pilotos desta forma e ambos foram recusados. Mais recentemente, um spin-off de “Arrow”, chamado “Green Arrow and the Black Canaries”, e um projeto derivado de “The 100” foram ao ar como capítulos comuns sem gerar resposta dos executivos do canal – apesar do piloto centrado na filha do Arqueiro Verde ter sido o episódio mais visto da última temporada de “Arrow”.

Por outro lado, “Legacies” começou como spin-off de “The Originals”, que, por sua vez, já era um spin-off de “The Vampire Diaries”.

Painkiller apareceu pela primeira vez em 1995, criado por Tony Isabella e Eddie Newell numa história em quadrinhos do Raio Negro.

A adaptação televisiva tomou muitas liberdades em relação ao personagem original, rendendo um desenvolvimento cheio de idas e vindas.

Khalil Payne, o namorado da filha mais nova do herói do título, acabou sofrendo um atentado logo no começo da série, que o paralisou e o tornou amargo. Ao ganhar uma chance de voltar a andar, aceitou virar capanga do vilão Tobias Whale, mas logo se regenerou num sacrifício por amor. Dado como morto, seu corpo foi resgatado, revivido e experimentado por uma agência secreta, que o transformou em Painkiller, um supervilão frio e sem memórias, enviado para atacar seus antigos amigos e matar a própria mãe. Mas a namoradinha poderosa conseguiu ajudá-lo a recuperar seu controle mental, embora a descoberta de seus atos tenha um trauma profundo. Ao final da 3ª temporada, ele se uniu aos heróis da série para acabar com a tal agência e outros inimigos em comum.

Caso a série do personagem seja aprovada, vai encontrá-lo ainda atormentado, querendo distanciamento de tudo de todos, em busca de um recomeço numa nova cidade. Mas para isso precisará aprender a controlar seu lado mais sombrio, que luta para dominá-lo, adaptando sua natureza mais violenta e destrutiva para trazer justiça e não apenas dor.

A 4ª temporada de “Black Lightning” tem estreia marcada para 8 de fevereiro nos EUA.

No Brasil, a série é disponibilizada pela Netflix.