Divulgação/Columbia Pictures

A Rede Social pode ganhar sequência com novas polêmicas do Facebook

O cineasta Aaron Sorkin afirmou que quer escrever uma sequência de “A Rede Social”, filme sobre a criação do Facebook, que há dez anos lhe rendeu o Oscar de Melhor Roteiro Adaptado.

Em entrevista a um podcast da MTV americana, Sorkin, que também escreveu “Steve Jobs”, contou que seus planos coincidem com a vontade do produtor Scott Rudin de realizar uma continuação.

“Eu quero ver isso e Scott também quer ver isso. As pessoas têm falado sobre isso comigo e o que nós descobrimos foi o lado sombrio do Facebook”, ele escreveu.

A dizer “lado sombrio”, Sorkin se refere às inúmeras polêmicas do Facebook nos últimos 10 anos, desde sua transformação numa plataforma de proliferação de fake news até o uso de dados de seus usuários para fins políticos – o escândalo Cambridge Analyctica.

Se em “A Rede Social” o ponto de partida do roteiro foi o livro “Milionários Acidentais” (2009) — que contava a trajetória de Mark Zuckerberg até então —, agora o roteirista quer se debruçar em “Zucked”, livro escrito por um ex-funcionário que faz críticas ao Facebook.

No entanto, Sorkin revelou que só vai escrever o roteiro se David Fincher topar dirigir o novo filme, como fez da primeira vez.

Recentemente, Quentin Tarantino elegeu “A Rede Social” como seu filme favorito da última década.