Divulgação/KAF Production

Mostra online de cultura árabe exibe 16 filmes de graça

A tradicional Mostra Mundo Árabe de Cinema, que acontece há 15 anos em São Paulo, vai ampliar seu alcance com uma exibição online, a partir desta sexta (28/8), como alternativa para sua realização durante a pandemia de coronavírus.

A programação inclui 16 filmes sobre a cultura árabe, quatro deles inéditos no Brasil e o restante selecionado entre os destaques das edições anteriores, que serão disponibilidades de forma digital e gratuita.

Vale reparar que a maioria das produções são documentais, como “Gaza”, Garry Keane e Andrew McConnell, que foi o representante da Irlanda na busca por uma indicação ao Oscar de filme internacional em 2020. O filme registra Gaza como um lugar com esperança em meio ao conflito da região.

Entre as ficções, o destaque é o inédito “O Dia em que Perdi Minha Sombra”, da cineasta sírio-francesa Soudade Kaadan, sobre uma mulher que tenta comprar gás no início da guerra na Síria e vê a tarefa cotidiana sair do controle em meio às incertezas da guerra civil.

A seleção abre espaço até para documentários de cineastas brasileiros, como “Naila e o Levante”, de Julia Bacha, que retrata a participação das mulheres durante a Primeira Intifada, na Palestina, e como sua importância foi minimizada pela liderança masculina, e “Os Caminhos dos Mascates” de José Luis Mejias, sobre a migração árabe ao Brasil.

Para completar, o evento vai mostrar a clássica Trilogia do Deserto, do tunisiano Nacer Khemir, composta pelos filmes “Andarilhos do Deserto” (1984), “O Colar Perdido da Pomba” (1991) e “Baba Aziz, o Príncipe que Contemplava Sua Alma” (2005)

A Mostra Mundo Árabe de Cinema em Casa é promovida pelo ICArabe (Instituto da Cultura Árabe) em parceria com o Sesc-SP e com patrocínio da Câmara de Comércio Árabe Brasileira.

Os filmes podem ser assistidos nos canais da mostra (http://mundoarabe2020.icarabe.org/ e https://www.youtube.com/channel/UCfmZ3RvF7GUiHcVFgW2FdJg), entre 29 de agosto e 13 de setembro e também, às segundas, na plataforma do Sesc Digital (www.sescsp.org.br/cinemaemcasa), de 31 de agosto até 21 de setembro.