Instagram/Anna Camp

Atriz de A Escolha Perfeita diz sentir sintomas de covid-19 um mês após se curar

A atriz Anna Camp, da franquia “A Escolha Perfeita”, revelou em seu Instagram estar sofrendo com sintomas de coronavírus um mês após se curar.

Ela compartilhou sua história no Instagram nesta terça (21/7), revelando que ficou “extremamente doente por mais de três semanas” e ainda tem “sintomas remanescentes”, apesar de agora ter um resultado negativo para covid-19.

“Eu era incrivelmente precavida. Eu usava uma máscara. Usava desinfetante para as mãos. Uma vez, quando o mundo começou a reabrir, decidi deixar de usar minha máscara. Uma. Uma vez. E acabei contraindo”, ela escreveu no Instagram, ao lado de uma foto que mostra ter voltado a usar máscara.

A estrela de 37 anos continuou explicando que, embora muitas pessoas digam que contrair covid-19 é “como ter gripe”, a doença é completamente diferente disso. “Eu tive gripe, e não é nem um pouco parecido”, escreveu ela.

“O pânico de contrair um vírus que é basicamente intratável e tão novo que ninguém sabe o dano irreparável a longo prazo que a doença causa ao sistema imunológico, o que é incrivelmente estressante. Perder completamente meu senso de olfato e paladar sem saber quando ou mesmo se vai retornar é extremamente desorientador”, acrescentou.

Camp revelou que, um mês depois de se curar, recuperou “apenas 30%” do olfato e tem outros “sintomas persistentes”, que continua a enfrentar, listando “tontura, fadiga extrema, sinusite, estômago revirado, náusea, vômito e febre”.

“Eu tenho sorte. Porque eu não morri. Mas as pessoas estão morrendo. Por favor, use sua máscara. Pode acontecer a qualquer momento. E pode acontecer com qualquer pessoa”, enfatizou.

A atriz completa ressaltando que usar uma máscara pode “fazer a diferença”. “Usar uma máscara está salvando vidas. Obrigado a todos que estenderam a mão para me checar durante este período assustador”, disse ela. “Por favor, estejam seguros lá fora. Vamos todos fazer a nossa parte e usar uma máscara. Não quero que nenhum de vocês passe pelo que passei. Mesmo que seja uma coisinha, pode ter um enorme impacto, e é incrivelmente fácil de previnir.”

Ver essa foto no Instagram

Hi friends… I felt it was my responsibility to share that I ended up getting Covid-19. I have since tested negative, but I was extremely sick for over three weeks and still have lingering symptoms. I was incredibly safe. I wore a mask. I used hand sanitizer. One time, when the world was starting to open up, I decided to forgo wearing my mask in public. One. Time. And I ended up getting it. People are saying it’s like having the flu, but I’ve had the flu, and this is absolutely not that. The panic of contracting a virus that is basically untreatable and is so new that no one knows the long term irreparable damage it does to your immune system is unbelievably stressful. Completely losing my sense of smell and taste without knowing when or even if they will return is extremely disorienting. I’m only smelling about 30 percent of how I used to now. Other persistent symptoms are (a month later) dizziness, extreme fatigue, impacted sinuses, upset stomach, nausea, vomiting, and fever. I’m lucky. Because I didn’t die. But people are. Please wear ur mask. It can happen any time. And it can happen to anyone. Even that one time you feel safe. We can all make a difference. Wearing a mask is saving lives. Thank you to everyone who reached out to check on me during this scary time. Please be safe out there. Let’s all do our part and wear a mask. I don’t want any of you to go through what I did. Even though it’s a little thing, it can have a huge impact, and it’s so incredibly easy to do❤️

Uma publicação compartilhada por Anna Camp (@therealannacamp) em