França vai reabrir os cinemas na segunda-feira

Os cinemas voltarão a reabrir na França na segunda-feira (22/6), após o governo francês anunciar uma aceleração do processo de flexibilização das regras de segurança sanitária, em função do progresso na luta contra a pandemia da covid-19.

Além dos cinemas, resorts, cassinos e salões de jogos também serão reabertos nesta segunda-feira “em conformidade com rígidas regras sanitárias”, informou um comunicado de imprensa do governo, publicado nesta noite de sexta-feira (19/6) após uma reunião do Conselho de Defesa e Segurança Nacional (CDSN), reunido sob a autoridade do Presidente Emmanuel Macron.

Os franceses também voltarão às aulas e poderão retomar práticas de esportes coletivos, mas a volta aos estádios ficou para 11 de julho.

Finalmente, a partir de setembro “e sujeito a uma nova avaliação da situação epidemiológica, o início do ano letivo pode ser marcado por um maior relaxamento”. O comunicado trata também a abertura de feiras, exposições e shows e, “se em condições apropriadas”, a retomada de boates e cruzeiros marítimos internacionais.

As decisões levam em conta um descarte da possibilidade de um reconfinamento total no caso de uma segunda onda.

A França registrou apenas 14 mortes por covid-19 em hospitais nas últimas 24 horas. Ao todo, o país teve 29.617 mortes durante a pandemia, de acordo com um relatório divulgado na sexta-feira pela Direção Geral de Saúde (DGS). O número de pacientes da covid-19 em terapia intensiva também continua a diminuir, somando 727 pacientes, 25 a menos que na quinta-feira (18), de acordo com um comunicado de imprensa do DGS.

Mas o primeiro-ministro Edouard Philippe insistiu: os franceses devem permanecer “cautelosos” para “tentar garantir a saída [do confinamento] nas melhores condições”.