Ansel Elgort se manifesta sobre acusação de abuso de menor

O ator Ansel Elgort, de “A Culpa É das Estrelas” e “Em Ritmo de Fuga”, usou seu Instagram para se defender das acusações de queria abusado sexualmente de uma fã menor de idade, chamada Gabby, que ele conheceu via redes sociais. Em um post no Instagram, o ator de 26 anos disse que teve uma relação legal e consensual com a mulher em 2014, que disse em sua acusação ter na época 17 anos. Ela fez um longo relato no Twitter sobre o suposto abuso, mostrando uma foto dos dois juntos para comprovar o relacionamento.

O ator deu sua versão dos fatos também via rede social, publicando um comunicado. “Fiquei angustiado de ver os posts nas redes sociais sobre mim que vêm circulando nas últimas 24 horas. Eu não posso alegar que entendo os sentimentos de Gabby, mas a sua descrição dos eventos simplesmente não foi o que aconteceu”, ele escreveu. “Eu nunca agredi e nunca agrediria alguém. O que é verdade é que em 2014, em Nova York, quando eu tinha 20 anos, Gabby e eu tivemos uma relação breve, legal e inteiramente consensual”, afirmou o ator.

“Infelizmente, eu não lidei bem com o término. Eu parei de responder a ela, o que é uma coisa imatura e cruel de se fazer com alguém. Eu sei que essa desculpa atrasada não me absolve do meu comportamento inaceitável quando eu desapareci”, explicou Ansel.

Ele afirmou ter vergonha de seus atos. “Olhando para trás e a minha atitude, eu me sinto enojado e extremamente envergonhado pela forma como agi. Eu sei que preciso continuar a refletir, aprender e trabalhar para desenvolver empatia”, escreveu Ansel.

Segundo o relato da jovem, publicado na noite de sexta (19/6), os dois tiveram relações sexuais, inicialmente com consentimento, mas depois o ator ignorou a dor por ser a primeira vez dela e os pedidos para que parasse.

“Ele me fez pensar que era assim que o sexo deveria ser. Eu era tão jovem e ele sabia disso. Ele também disse coisas como ‘você será uma moça tão bonita quando for mais velha.’ Eu tinha 17 anos”, disse ela em seu relato.

Gabby afirma ter ficado com transtornos pós-traumáticos e ataques de pânico, e que resolveu contar sua história “para que possa finalmente me curar” e ajudar outras meninas que tenham sido vítimas do ator.

Pouco depois da publicação ter viralizado, a conta de Gabby foi deletada.