blank

Personagem de Millennium: Os Homens que Não Amavam as Mulheres vai ganhar série

A Amazon está desenvolvendo uma série centrada na personagem Lisbeth Salander, que já foi vivida por Noomi Rapace, Rooney Mara e Claire Foy no cinema.

Criada pelo escritor sueco Stieg Larsson na saga literária “Millennium”, Salander é uma hacker punk tatuada, bissexual e justiceira, que se alia a um jornalista para desvendar crimes e conspirações.

A trilogia original de Larsson já rendeu três filmes suecos (todos lançados em 2009 e exibidos como minissérie na TV em 2010) e um remake americano, “Millennium: Os Homens que Não Amavam as Mulheres” (2011), de David Fincher. O escritor morreu antes de ver qualquer um deles, em 2005. Mas a projeção póstuma alcançada pela saga levou seus herdeiros a estender a franquia, publicando mais livros (de outros autores) e negociando novas adaptações. O filme mais recente, “Millennium: A Garota na Teia de Aranha” (2018), de Fede Alvarez, foi baseado em obra de David Lagercrantz.

A série vai se chamar “The Girl with the Dragon Tattoo”, título em inglês do primeiro livro de Larsson, lançado no Brasil como “Os Homens que Não Amavam as Mulheres”. Mas não será a terceira versão dessa história nas telas. O projeto pretende mostrar novas aventuras de Lisbeth Salander, “a garota com a tatuagem de dragão”, passadas nos dias atuais e com novos coadjuvantes.

A Amazon Studios e a produtora Left Bank fecharam a parceria para desenvolver a série em parceria com a divisão televisiva da Sony Pictures, responsável pelas adaptações americanas de cinema.

Em fase inicial, o projeto ainda não tem roteirista definido.