Não Provoque: Série de cheerleaders da Netflix é cancelada

O canal pago americano USA Network cancelou “Dare Me”, série sobre líderes de torcida, disponibilizada no Brasil pela Netflix com o título de “Não Provoque”.

Bastante elogiada pela crítica, a série tinha 83% de aprovação no site Rotten Tomatoes.

Baseada no romance homônimo de Megan Abbott, a atração foi desenvolvida pela própria escritora em parceria com a produtora-roteirista Gina Fattore (“Californication”), e acompanhava a disputa de duas melhores amigas quando as regras do time mudam em seu colégio. Os episódios exploravam angústia adolescente, ciúme, lealdade e dinâmica do poder em uma pequena cidade do Centro-Oeste dos EUA, destacando em seu elenco a atriz Willa Fitzgerald (da série “Scream”) como a nova técnica do esquadrão de cheerleaders.

A decisão de cancelar “Não Provoque” após apenas uma temporada é resultado de uma nova estratégia do USA Network, que diante da pandemia do novo coronavírus decidiu investir menos em atrações roteirizadas, priorizando reality shows e programas ao vivo.

As produtoras da série informaram que tentarão viabilizar uma nova temporada com apoio da Netflix ou de outros interessados em produzir mais episódios, mas essa iniciativa encontrará um mercado desfavorável, pelo momento atual de crise financeira e de produção, em que todos os trabalhos roteirizados encontram-se suspensos.