Integrante da produção da série NeXT testa positivo para coronavírus

Um integrante da produção de “NeXT”, vindoura série sci-fi tecnológica da rede Fox, testou positivo para o coronavírus. A série, que acaba de encerrar as gravações de sua 1ª temporada, ainda não teve sua estreia anunciada.

A Fox e a Disney notificaram o elenco e a equipe sobre a possibilidade de contágio, após o teste positivo.

“Essa pessoa entrou em contato com outros integrantes e elenco e equipe durante as gravações e possivelmente em pessoas de outros lugares”, disse o sindicato dos atores, SAG-AFTRA, em comunicado. “Estamos trabalhando com a empresa de produção para determinar a linha do tempo e o escopo da exposição potencial a integrantes do elenco e outras pessoas. Estamos monitorando a situação de perto e atualizaremos a situação, conforme necessário.”

A Disney Television Studios, responsável pela produção, disse em um comunicado: “Fomos notificados pelo Departamento de Saúde Pública de Chicago (CDPH) que um membro da equipe de “NeXt”, que concluiu sua produção em Chicago na semana passada, deu positivo para covid-19 e está recebendo tratamento. Estamos trabalhando em estreita colaboração com o CDPH para identificar e entrar em contato com todos os indivíduos que entraram em contato direto com o membro da equipe e estamos tomando precauções para proteger todos os que trabalham em nossas produções.”

“NeXT” destaca em seu elenco o ator John Slattery (Howard Stark em “Vingadores: Ultimato”) e a brasileira Fernanda Andrade (“The First”).

Entre os coadjuvantes, estão Michael Mosley (“Ozark”), Jason Butler Harner (também de “Ozark”), Eve Harlow (“Agents of SHIELD”), Aaron Moten (“The Night Of”), Gerardo Celasco (“Battleship”), a adolescente Elizabeth Cappucino (“Jessica Jones”) e o menino Evan Whitten (“Mr. Robot”).

Criação de Manny Coto (de “24 Horas”) com produção a cargo da dupla John Requa e Glenn Ficarra (diretores de “Golpe Duplo”), a série acompanha a evolução de uma Inteligência Artificial maligna. Solta no mundo, ela aprende tudo o que há de errado na humanidade e se volta contra seus criadores, usando conexões da internet e computadores para promover ataques. A premissa remete aos clássicos “Colossus 1980” (1970) e “Geração Proteus” (1977).

Com apenas 10 episódios em sua 1ª temporada, a série deve estrear na temporada norte-americana de verão (entre maio e agosto).