Filmes do crime de Suzane Von Richthofen terão sessão dupla pelo preço de um ingresso

A Galeria Distribuidora informou que os cinemas vão cobrar apenas um ingresso para quem quiser assistir a sessão dupla de “A Menina que Matou os Pais” e “O Menino Que Matou Meus Pais”. Os dois filmes serão lançados no mesmo dia, com sessões consecutivas nas mesmas salas, e podem ser vistos em qualquer ordem.

Eles contam narrativas paralelas que exploram a polêmica em torno do assassinato dos pais de Suzanne Von Richthofen, comparando as versões dadas pela jovem e por seu namorado, Daniel Cravinhos. Os dois foram condenados pelo crime.

O elenco destaca a atriz Carla Diaz (da novelinha “Rebeldes”) como Suzane e Leonardo Bittencourt (da novelinha “Malhação”) no papel de Daniel, enquanto a família de Suzane é representada por Vera Zimmermann (“Os Dez Mandamentos: O Filme”), Leonardo Medeiros (“O Mecanismo”) e o menino Kauan Ceglio (“Santos Dumont”). O elenco também inclui Allan Souza Lima (“A Cabeça de Gumercindo Saraiva”) como Christian, o irmão e cúmplice de Daniel.

Os longas têm direção de Mauricio Eça (“Carrossel: O Filme”) e roteiros escritos por Raphael Montes (“Praça Paris”) em parceria com Ilana Casoy, criminóloga que é considerada a maior especialista em serial killers do Brasil.

Ambos vão estrear no dia 2 de abril.