Insatiable é cancelada de forma melancólica

“Insatiable” foi cancelada da forma mais melancólica possível pela Netflix. Após causar polêmica e dar muito o que falar na 1ª temporada, o segundo ano da atração passou em branco na mídia. Enquanto os episódios iniciais atingiram a péssima média de 13% de aprovação no Rotten Tomatoes, a continuação ficou sem nota e sem nenhuma resenha indexada. Ninguém se interessou em escrever sobre ela.

O cúmulo do descaso aconteceu no cancelamento. A Netflix nem se deu ao trabalho de anunciar que a série tinha acabado.

A tarefa acabou nas mãos da atriz Alyssa Milano, que deu a notícia nas redes sociais, respondendo a um fã no Twitter. Assim, sem nem criar o assunto, ela contou que “infelizmente” a série não teria uma 3ª temporada.

A produção havia sido renovada em 2018 mesmo tendo atingido o pior índice de aprovação já registrado para uma série da Netflix no Rotten Tomatoes. Mas isso se deu por conta de um paradoxo. Se a crítica torceu o nariz, o público aplaudiu. A 1ª temporada registrou 84% entre o público do mesmo Rotten Tomatoes, subindo para 93% no segundo ano, que os críticos não viram ou repercutiram.

Pode ter virado um caso de “tão ruim que é divertido”. Mas talvez os espectadores apenas não tenham embarcado no “cancelamento social” da atração, que foi condenada na mídia – e ganhou a fama de série mais odiada da Netflix – por supostamente incentivar a gordofobia.

Criada por Lauren Gussis (roteirista de “Dexter”), a trama trazia a atriz Debby Ryan (estrela da série “Jessie”, do Disney Channel) como uma ex-gordinha que muda de dieta, fica glamourosa e resolve se vingar de quem a fez sofrer bullying no colegial.

O elenco ainda incluía a citada Alyssa Milano (de “Charmed” e “Mistresses”), Dallas Roberts (“The Walking Dead”), Christopher Gorham (“Covert Affairs”), Erinn Westbrook (“Awkward.”), Michael Provost (“Em Defesa de Cristo”), Sarah Colonna (“Chelsea Lately”), Kimmy Shields (“Big Little Lies”), Irene Choi (“As Calouras”), Arden Myrin (“Shameless”), James Lastovic (novela “Days of Our Lives”) e Beverly D’Angelo (do cássico “Férias Frustradas”).

A 2ª temporada foi lançada em outubro passado e, desde então, nada mais foi falado sobre a produção.