Crunchyroll anuncia produção de suas primeiras sérias próprias

A Crunchyroll, plataforma da WarnerMedia especializada no streaming de animes, resolveu entrar no negócio da produção de séries próprias. E vai começar logo com oito lançamentos.

O serviço de streaming divulgou um trailer apresentando suas novas produções (veja abaixo), que foram batizadas de Crunchyroll Originals e já começam a estrear neste ano.

Conhecida por licenciar atrações populares, como “My Hero Academia”, “Dragon Ball Super” e a nova temporada de “Pokémon”, a Crunchyroll já dava sinais de que pretendia partir para a produção própria após fechar acordos de coprodução que lhe garantiam a primeira janela de streaming e lançamento exclusivo no Ocidente de diversos animes. A nova empreitada também é uma forma de fazer frente à Netflix, que tem lançado vários conteúdos próprio do gênero.

A primeira série produzida com exclusividade para o serviço já está disponível em streaming: “In/Spectre”, série que mistura suspense com fantasia, estreou em janeiro e tem novos episódios divulgados todo sábado.

Fantasia é o estilo dominante das atrações, mas os novos programas também seguem outras características marcantes da animação japonesa.

Vale lembrar que a Crunchyroll é a primeira plataforma de streaming de anime a ter seu próprio estúdio de animação. A empresa anunciou a Crunchyroll Studios em agosto de 2018, com duas sedes internacionais: em Burbank, Califórnia (onde fica a Warner) e Tóquio, no Japão.

Das oito séries previstas, cinco são produções do estúdio e três coproduções com diferentes empresas de animação. Curiosamente, todas essas três são baseadas em manhwas (quadrinhos sul-coreanos), também conhecidos como Webtoons. A lista ainda inclui a adaptação de um comic book (quadrinhos americanos) de Warren Ellis (criador da série animada de “Castlevania”), inspirado pela estética dos mangás (quadrinhos japoneses).

Confira abaixo a lista completa dos Crunchyroll Originals com sua previsão de lançamento.

“In/Spectre”: Trama de mistério sobrenatural ambientada na Tóquio moderna, que acompanha uma jovem escolhida pelos espíritos para ajudá-los a resolver os problemas entre os mundos humano e espiritual. Já disponível.

“Tower of God”: Coprodução da Telecom Animation baseada no manhwa homônimo sobre um garoto em luta contra uma torre misteriosa. Estreia prevista para abril de 2020.

“Onyx Equinox”: Criado por Sofia Alexander, segue um jovem garoto asteca que é salvo da morte pelos deuses para provar o potencial da humanidade. A estreia está prevista para segundo trimestre de 2020. Sem previsão de estreia.

“The God of High School”: Coprodução com a MAPPA, a série de ação adapta o manhwa sobre um grupo de estudantes do ensino médio que usam o poder dos deuses para participar de um torneio de lutas. Sem previsão de estreia.

“Noblesse”: Coprodução com a Production IG, também é baseada em manhwa e traz um vampiro que desperta na sociedade moderna depois de mais de 800 anos. Sem previsão de estreia.

“Meiji Gekken: Sword & Gun” (título provisório): Épico de aventura ambientado em 1870, a história segue um ex-samurai, um guarda-costas de yakuza, um espião e um assassino de gueixas, enquanto se adaptam às mudanças rápidas no Japão da era Meiji, quando o país mudou de uma sociedade feudal para uma sociedade industrial. Sem previsão de estreia.

“FreakAngels”: Baseado na série de comics (quadrinhos americanos) de Warren Ellis e Paul Duffield, que acompanha 12 jovens paranormais enquanto tentam reconstruir a sociedade em uma Londres pós-apocalíptica. Sem previsão de estreia.

“High Guardian Spice”: Série de Raye Rodriguez (“Animation Domination High-Def”) sobre quatro meninas que freqüentam a High Guardian Academy para se tornarem heroínas e combater uma ameaça desconhecida ao seu mundo. Sem previsão de estreia.