Oscar 2020: Coringa lidera a lista de indicados à premiação de cinema dos EUA



1A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas dos Estados Unidos anunciou, na manhã desta segunda-feira (13/1), a lista dos indicados ao Oscar 2020. A 92ª cerimônia da premiação de cinema será realizada no dia 9 de fevereiro, no Teatro Dolby, em Los Angeles.

Pela primeira vez, uma adaptação de quadrinhos foi o filme com o maior número de indicações. “Coringa” liderou a lista, indicado em 11 categorias, incluindo Melhor Filme, Direção (Todd Philips) e Ator (Joaquin Phoenix).

“Era uma vez em Hollywood”, “1917” e “O Irlandês” chegaram perto, empatando com 10 indicações cada. Mas a surpresa foi “Parasita”, primeiro longa sul-coreano indicado ao Oscar, que somou seis indicações, inclusive para Melhor Filme, tornando-se o 11º longa estrangeiro nomeado na categoria principal.

O cinema brasileiro também foi contemplado na premiação, por meio de “Democracia em Vertigem”, da diretora Petra Costa, que concorre como Melhor Documentário, ao apresentar o processo de Impeachment de Dilma Rousseff de forma pessoal.

“Dois Papas”, dirigido pelo brasileiro Fernando Meirelles, também obteve indicações – três, ao todo – , mas o cineasta brasileiro não foi contemplado.

A lista ainda apresenta algumas curiosidades. Ao concorrer a dois prêmios de interpretação, como Melhor Atriz por “História de um Casamento” e Atriz Coadjuvante por “Jojo Rabbit”, Scarlett Johansson se junta a 11 atores indicados no mesmo ano em duas categorias. A mais recente foi Cate Blanchett, em 2008.

O Oscar 2020 também pode premiar um casal. Greta Gerwig foi indicada pelo Roteiro Adaptado por “Adoráveis Mulheres” e seu parceiro, Noah Baumbach, pelo Roteiro Original de “História de um Casamento”. E, novamente, nenhuma mulher foi indicada na categoria de Melhor Direção.

Para completar, John Williams, nomeado pela Trilha de “Star Wars: A Ascensão Skywalker”, bateu seu próprio recorde como a pessoa viva com mais indicações ao Oscar: 52, ao todo. Walt Disney, falecido em 1966, detém a liderança histórica, indicado 59 vezes.

Confira abaixo a lista completa de indicados.

Melhor Filme
Melhor Filme
“Ford vs Ferrari”
“O Irlandês”
“Jojo Rabbit”
“Coringa”
“Adoráveis Mulheres”
“História De Um Casamento”
“1917”
“Era Uma Vez Em Hollywood”
“Parasita”

Melhor Direção
Bong Joon Ho – “Parasita”
Sam Mendes – “1917”
Martin Scorsese – “O Irlandês”
Quentin Tarantino – “Era Uma Vez Em Hollywood”
Todd Phillips – “Coringa”

Melhor Atriz
Cynthia Erivo – “Harriet”
Scarlett Johansson – “História De Um Casamento”
Saoirse Ronan – “Adoráveis Mulheres”
Charlize Theron – “O Escândalo”
Renée Zellweger – “Judy”

Melhor Ator
Antonio Banderas – “Dor e Glória”
Adam Driver – “História De Um Casamento”
Joaquin Phoenix – “Coringa”
Jonathan Pryce – “Dois Papas”
Leonardo DiCaprio – “Era Uma Vez Em Hollywood”

Melhor Atriz Coadjuvante
Margot Robbie – “O Escândalo”
Kathy Bates – “O Caso Richard Jewell”
Laura Dern – “História De Um Casamento”
Scarlett Johansson – “Jojo Rabbit”
Florence Pugh – “Adoráveis Mulheres”

Melhor Ator Coadjuvante
Tom Hanks – “Um Lindo Dia na Vizinhança”
Al Pacino – “O Irlandês”
Joe Pesci – “O Irlandês”
Brad Pitt – “Era Uma Vez Em Hollywood”
Anthony Hopkins – “Dois Papas”

Melhor Roteiro Adaptado
Greta Gerwig – “Adoráveis Mulheres”
Anthony McCarten – “Dois Papas”
Todd Phillips & Scott Silver – “Coringa”
Taika Waititi – “Jojo Rabbit”
Steven Zaillian – “O Irlandês”

Melhor Roteiro Original
Noah Baumbach – “História De Um Casamento”
Rian Johnson – “Entre Facas e Segredos”
Bong Joon Ho e Han Jin Won – “Parasita”
Quentin Tarantino – “Era Uma Vez Em Hollywood”
Sam Mendes & Kristy Wilson-Cairns – “1917”



Melhor Fotografia
Jarin Blaschke – “O Farol”
Roger Deakins – “1917”
Rodrigo Pietro – “O Irlandês”
Robert Richardson – “Era Uma Vez Em Hollywood”
Lawrence Sher – “Coringa”

Melhor Figurino
Jacqueline Durran – “Adoráveis Mulheres”
Arianne Phillips – “Era Uma Vez Em Hollywood”
Sandy Powell e Christopher Peterson – “O Irlandês”
Mayes C. Rubeo – “Jojo Rabbit”
Mark Bridges – “Coringa”

Melhor Edição
Andrew Buckland e Michael McCusker – “Ford vs Ferrari”
Yang Jinmo – “Parasita”
Thelma Schoonmaker – “O Irlandês”
Tom Eagles – “Jojo Rabbit”
Jeff Groth – “Coringa”

Melhor Maquiagem e Cabelo
“O Escândalo”
“Coringa”
“Judy”
“Malévola: Dona do Mal”
“1917”

Melhor Trilha Sonora
Alexandre Desplat – “Adoráveis Mulheres”
Hildur Guðnadóttir – “Coringa”
Randy Newman – “História de um Casamento”
Thomas Newman – “1917”
John Williams – “Star Wars: A Ascensão Skywalker”

Melhor Canção Original
(I’m Gonna) Love Me Again – “Rocketman”
I’m Standing With You – “Superação: O Milagre da Fé”
Into the Unknown – “Frozen 2”
Stand Up – “Harriet”
I Can’t Let You Throw Yourself Away – “Toy Story 4”

Melhor Design de Produção
“1917”
“Parasita”
“Era Uma Vez Em Hollywood”
“O Irlandês”
“Jojo Rabbit”

Melhor Edição de Som
“Era Uma Vez Em Hollywood”
“Coringa”
“Ford vs. Ferrari”
“1917”
“Star Wars: A Ascensão Skywalker”

Melhor Mixagem de Som
“Ford vs Ferrari”
“Coringa”
“Era Uma Vez Em Hollywood”
“Ad Astra”
“1917”

Melhores Efeitos Visuais
“Vingadores: Ultimato”
“O Irlandês”
“O Rei Leão”
“1917”
“Star Wars: A Ascensão Skywalker”

Melhor Animação
“Como Treinar o seu Dragão 3”
“Perdi Meu Corpo”
“Link Perdido”
“Toy Story 4”
“Klaus”

Melhor Documentário
“Indústria Americana”
“The Cave”
“Democracia em Vertigem”
“For Sama”
“Honeyland”

Melhor Filme Internacional
“Les Misérables” (França)
“Dor e Glória” (Espanha)
“Parasita” (Coreia do Sul)
“Corpus Christi” (Polônia)
“Honeyland” (Macedônia)

Melhor Curta Animado
“Dcera (Daughter)”
“Hair Love”
“Kitbull”
“Memorable”
“Sister”

Melhor Curta Documentário
“In the Absence”
“Learning to Skateboard in a Warzone (If You’re a Girl)”
“Life Overtakes Me”
“St. Louis Superman”
“Walk Run Cha-Cha”

Melhor Curta Live-Action
“Brotherhood”
“Nefta Football Club”
“The Neighbors’ Window”
“Saria”
“A Sister”
Louise Alves
@louisemtm


Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna



Back to site top
Change privacy settings