Netflix vai disponibilizar 21 animes clássicos do Studio Ghibli

A Netflix anunciou ter fechado um contrato com o Studio Ghibli, célebre estúdio de animação japonês, e disponibilizará 21 filmes animados na plataforma a partir de 1 de fevereiro. A informação veio acompanhada por um trailer, que inclui cenas de vários clássicos do mestre Hayao Miyazaki, fundador do estúdio, como o vencedor do Oscar “A Viagem de Chihiro” (2001), “Meu Amigo Totoro” (1988) e “Princesa Mononoke” (1997). A lista também inclui várias obras do grande Isao Takahata (indicado ao Oscar por “O Conto da Princesa Kaguya”), além de Hiromasa Yonebayashi, Hiroyuki Morita, Tomomi Mochizuki, Hiromasa Yonebayashi, Yoshifumi Kondô e Gorô Miyazaki, filho de Hayao.

A plataforma vai dividir os lançamentos dos filmes em três etapas, entre fevereiro e abril.

Confira o cronograma abaixo.

1º de fevereiro de 2020: “O Castelo no Céu” (1986), “Meu Amigo Totoro” (1988), “O Serviço de Entregas da Kiki” (1989), “Memórias de Ontem” (1991), “Porco Rosso: O Último Herói Romântico” (1992), “Eu Posso Ouvir o Oceano” (1993) e “Contos de Terramar” (2006).

1º de março de 2020: “Nausicaä do Vale do Vento” (1984), “Princesa Mononoke” (1997), “Meus Vizinhos, Os Yamadas” (1999), “A Viagem de Chihiro” (2001), “O Reino dos Gatos” (2002), “O Mundo dos Pequeninos” (2010) e “O Conto da Princesa Kaguya” (2013).

1º de abril de 2020: “Pom Poko: A Grande Batalha dos Guaxinins” (1994), “Sussurros do Coração” (1995), “O Castelo Animado” (2004), “Ponyo – Uma Amizade que Veio do Mar” (2008), “Da Colina Kokuriko” (2011), “Vidas ao Vento” (2013) e “As Memórias de Marnie” (2014)