Divulgação/Vitrine Filmes

Festival de Berlim 2020: Terror brasileiro vai disputar o Urso de Ouro

A organização do Festival de Berlim 2020 divulgou nesta quarta-feira (29/1) a lista dos filmes selecionados para disputar o Urso de Ouro, principal prêmio do evento. E um terror brasileiro entrou na relação seletíssima da mostra competitiva.

“Todos os Mortos”, codirigido por Caetano Gotardo (“O que se Move”) e Marco Dutra (“As Boas Maneiras”), vai representar o Brasil no evento principal do festival.

A dupla, que se conheceu há duas décadas no curso de Cinema da USP, divide a direção pela primeira vez, após trabalharem em funções diferentes nos premiados terrores “Trabalhar Cansa” e “As Boas Maneiras” – Gotardo foi o editor dos filmes dirigidos por Dutra e Juliana Rojas. Os dois também assinam o roteiro, que se passa na década seguinte à Abolição da Escravatura, no fim do século 19, e acompanha a trajetória de duas famílias: uma branca, os Soares, e outra negra, os Nascimento. A trama reflete os fantasmas da escravidão, em mais de um sentido.

Ainda sem data de estreia no Brasil, “Todos os Mortos” vai tentar repetir as vitórias de “Central do Brasil” (1998) e “Tropa de Elite” (2008) no famoso festival alemão, onde concorrerá com outros 17 títulos – de diretores como o americano Abel Ferrara (“Siberia”), o taiwanês Tsai Ming-Liang (“Rizi”), o francês Philippe Garrel (“Le Sel des Larmes”), o cambojano Rithy Panh (“Irradiés”) e a britânica Sally Potter (“The Roads Not Taken”).

Além da mostra principal, o cinema brasileiro também está representado nas seções paralelas do festival, atingindo uma participação recorde, com mais 18 filmes selecionados, entre eles “Meu Nome é Bagdá”, de Caru Alves Souza, “Cidade Pássaro”, coprodução com a França de Matias Mariani, “Apiyemiyekî”, coprodução com França e Holanda dirigida por Ana Vaz, e “Nardjes A.”, documentário franco-alemão do diretor Karim Aïnouz (do premiado “Vida Invisível”). Confira a lista nacional completa aqui.

A 20ª edição do Festival de Berlim vai acontecer entre 20 de fevereiro e 1º de março.