Festival de Tiradentes vai homenagear Antonio e Camila Pitanga

A Mostra de Cinema de Tiradentes vai homenagear os atores Antonio e Camila Pitanga, pai e filha de trajetórias marcantes no cinema brasileiro.

Os dois também tem uma relação forte com o festival. O documentário “Pitanga”, que marcou a estreia de Camila como diretora e no qual ela retrata a trajetória do pai desde o Cinema Novo, foi premiado em Tiradentes em 2017.

A 23ª edição do festival mineiro, que vai acontecer entre 24 de janeiro e 1º de fevereiro na charmosa cidade histórica, será aberta com a pré-estreia mundial de “Escravos de Jó”, filme de Rosemberg Cariry filmado em Ouro Preto, que também traz Antonio Pitanga no elenco.

Como em todos os anos, o festival definiu um tema para sua edição, e em 2020 vai girar em torno de um genérico “A Imaginação como Potência”. Uma variação da frase de 51 anos “L”imagination au pouvoir!”, slogan dos protestos de maio de 1968 em Paris.