Crise nas Infinitas Terras: Mundo de Supergirl é destruído em novo trailer do crossover

A rede The CW divulgou um novo trailer de “Crise nas Infinitas Terras”, megacrossover das séries do Arrowverso. Como a trama vai começar pelo episódio de “Supergirl” do próximo domingo (8/12), os personagens dessa atração aparecem em maior número. É na Terra-38 de Supergirl que os heróis juntam forças para enfrentar a ameaça da destruição do multiverso.

A prévia não revela a origem do ataque, embora os fãs dos quadrinhos conheçam os detalhes da saga do Monitor (LaMonica Garrett) e seu rival, o Anti-Monitor. O perigo é vago, mas devastador, e deixa claro que a equipe inicial, formada por Supergirl (Melissa Benoist), Superman (Tyler Hoechlin), J’onn J’onzz (David Harewood), Brainiac 5 (Jesse Rath), Alex Danvers (Chyler Leigh), Lois Lane (Elizabeth Tulloch) e os viajantes dimensionais Batwoman (Ruby Rose), Arqueiro Verde (Stephen Amell) e sua filha Mia (Katherine McNamara), são incapazes de impedi-lo. A solução de Oliver/Arqueiro Verde é juntar mais aliados, o que leva à aparição de duas versões de Flash (Grant Gustin e John Wesley Shipp), o Superman de “Smallville” (Tom Welling), o “Batman do Futuro” (Kevin Conroy), Raio Negro (Cress Williams) e vários personagens de “Legends of Tomorrow”.

Paralelamente, o vídeo apresenta as consequências devastadoras da Crise. Uma das cenas mostra Supergirl testemunhando a destruição de Argo City – o asteroide em que vivem sua mãe e os últimos sobreviventes de Krypton. Outra, ainda mais impactante, registra o desaparecimento da própria Terra-38, onde se passa a série “Supergirl”.

Desde que o crossover foi anunciado, havia a expectativa de que o mundo de “Supergirl” fosse destruído para que seus personagens fossem acomodados na mesma Terra dos demais integrantes do Arrowverso. Claro que tudo pode ser “revertido” ao final da história, mas o impacto da “Crise” não deve se resumir a isso, já que o crossover também conduzirá ao final da série “Arrow”, que inaugurou esse universo de adaptações de quadrinhos.

Considerada um marco dos quadrinhos, a “Crise” original de 1985 ficou famosa por destruir o multiverso, eliminando os mundos paralelos da cronologia das publicações da DC Comics. O objetivo foi realizar o primeiro reboot dos quadrinhos em todos os tempos. A destruição foi tão traumática que apagou a existência do multiverso, inclusive a memória dele, e reacomodou os sobreviventes de outras Terras na linha temporal da Terra 1, a única remanescente, por meio de um recomeço completo de todas as histórias e lembranças dos personagens da DC.

Disparado o maior crossover já tentado na história da televisão, a versão live-action de “Crise nas Infinitas Terras” será exibido entre dezembro e janeiro ao longo de cinco episódios individuais das séries “Supergirl”, “The Flash”, “Legends of Tomorrow”, “Arrow” e a estreante “Batwoman”. Embora sua série tenha ficado de fora desta lista, a participação do herói Raio Negro (Black Lightning) parece importante, como demonstra o trailer.

Os episódios serão acompanhados nos EUA pela exibição de um aftershow, chamado de “Crisis Aftermath”, com apresentação do cineasta Kevin Smith (“O Balconista”).

Ainda não há previsão para a estreia do crossover no Brasil, que deve acontecer pelo canal pago Warner.