Continuação de Gossip Girl destacará personagens negros e gays

A continuação da série “Gossip Girl”, anunciada para a plataforma de streaming HBO Max, vai trazer uma mudança significativa em relação à produção original. O novo elenco vai destacar atores negros e gays.

“Não houve muita representatividade na primeira vez”, ponderou Joshua Safran, roteirista e showrunner das duas versões da série, em entrevista para o site Vulture, do jornal New York Post. “Eu fui o único escritor gay que esteve durante o tempo todo na produção. Mesmo quando frequentei uma escola particular em Nova York nos anos 1990, a escola já não refletia necessariamente o que havia em ‘Gossip Girl'”, que foi ao ar na década seguinte.

“Desta vez, os protagonistas não serão brancos”, garantiu Safran. “Também haverá muito conteúdo queer no programa, refletindo o mundo atual, pelo menos a parte de riqueza e privilégios, e como os jovens lidam com isso. ”

A nova série terá 10 episódios e apresentará uma nova turma de estudantes lindos e ricos numa escola de elite de Manhattan. De acordo com a anúncio da HBO Max, o programa “abordará o quanto a mídia social – e a paisagem de Nova York – mudaram” desde o fim de “Gossip Girl”, exibida entre 2007 e 2012.

A única coisa que permanecerá a mesma é a voz da personagem-título. A atriz Kristen Bell (“The Good Place”) foi confirmada como narradora da série, repetindo sua participação na atração da década passada.

A série original foi um fenômeno entre o público adolescente e diversos de seus atores seguiram carreiras de sucesso, como Blake Lively, que virou atriz de cinema, Penn Badgley, atualmente matador na série “Você” (You), Leighton Meester, na série “Single Parents”, Chace Crawford, em “The Boys”, maior sucesso da Amazon, e Jessica Szohr, em “The Orville”. Mas também há o caso de Taylor Momsen, que trocou a carreira de atriz pela de roqueira endiabrada, à frente da banda The Pretty Reckless, e o de Ed Westwick, que recentemente sofreu várias denúncias de estupro.

Ainda não há previsão de estréia para a “Gossip Girl 2.0”, que terá os mesmos produtores da primeira versão, os criadores Josh Schwartz, Stephanie Savage e o citado Joshua Safran.