Atriz de Punho de Ferro será protagonista de Matrix 4

A atriz britânica Jessica Henwick, revelação de “Game of Thrones” que virou heroína da Marvel em “Punho de Ferro”, está em negociações finais para ser a protagonista de “Matrix 4”.

Segundo apurou o site Deadline, trata-se de um dos principais do novo filme. Ela teve que passar por testes de casting para ser aprovada.

Embora a trama e seus personagens estejam sob sigilo, boatos sobre os novos integrantes do elenco sugerem que Henwick viveria uma versão feminina de Neo, o papel de Keanu Reeves na trilogia original, enquanto outro ator confirmado, Yahya Abdul-Mateen (o vilão Arraia Negra em “Aquaman”), seria a versão jovem de Morpheus, personagem imortalizado por Laurence Fishburne em 1999.

Keanu Reeves também está confirmado como Neo, assim como Carrie-Anne Moss na pele de Trinity. Curiosamente, os dois personagens morreram em “Matrix Revolutions” (2003). Além deles, Jada Pinkett Smith negocia retornar como Niobe, uma das líderes da rebelião de Zion contra as máquinas, e Neil Patrick Harris (“How I Met Your Mother” e “Desventuras em Série”) completa o elenco conhecido em papel misterioso.

A participação em “Matrix 4” será a segunda franquia clássica de sci-fi estrelada por Jessica Henwick, que já apareceu em “Star Wars: O Despertar da Força” (2015) e ainda estará em “Godzilla vs. Kong”. Curiosamente, também renderá um reencontro entre estrelas das séries canceladas da Marvel na Netflix. Carrie-Anne Moss também apareceu em episódios de “Punho de Ferro” como a advogada Jeri Hogarth.

A produção atravessa atualmente sua fase de revisão de roteiro. A história foi escrita por Aleksandar Hemon (roteirista de “Sense8”) e David Mitchell (autor do livro que virou “A Viagem”) em parceria com Lana Wachowski, que criou “Matrix” com a irmã Lilly, na época em que ambas eram “irmãos”. Desta vez, Lana é a única Wachowski envolvida no projeto. Ela também vai assinar a direção, completando uma separação da irmã que se iniciou na produção de “Sense8”.

A trama do filme original passava-se em um futuro no qual uma Inteligência Artificial tomou conta do mundo. A maioria das pessoas, no entanto, vive sem saber disso, habitando uma “simulação” virtual do planeta antes do apocalipse. Porém, alguns conseguem se libertar e o hacker Neo (Reeves) é escolhido para se “desplugar” deste universo virtual e ajudar os rebeldes na luta contra os computadores e robôs que escravizaram a humanidade.

O filme de 1999 foi revolucionário por suas metáforas, que combinavam metafísica e sci-fi, mas também por suas cenas de ação, que introduziram o wire fu (o kung fu voador) e o feito “time bullet” (câmera lenta do ponto de vista de uma bala) no cinema ocidental. Fez tanto sucesso que ganhou duas continuações, que entretanto não tiveram a mesma repercussão, chegando a decepcionar os fãs da franquia.

As filmagens do quarto longa devem começar nos primeiros meses de 2020, mas não há previsão para o lançamento nos cinemas.