Anitta faz parte da trilha sonora do novo filme das Panteras



A cantora brasileira Anitta está na trilha sonora do filme “As Panteras” com uma faixa inédita, intitulada “Pantera”.

A notícia foi compartilhada por Anitta, seu empresário (Brandon Silverstein) e pela cantora pop Ariana Grande, que fez um longo post para falar sobre sua empolgação com o projeto, no qual tem cinco faixas.

“Animada e honrada de estar com tantas fenomenais envolvidas neste projeto. Essas músicas são as mais certas para esse filme. Foi uma experiência única para mim e estou animada de ouvir os gritos de todas as minhas amigas”, postou Ariana Grande, com uma imagem do repertório do filme.

Entre as cinco músicas de Ariana Grande, a principal é a parceria com Miley Cyrus e Lana Del Rey, “Don’t Call Me Angel”, primeiro single e clipe extraídos da trilha sonora.

Mas este não é o único trio musical integrado por Ariana no disco. Ela também gravou “Bad to You”, em que canta com Normani e Nicki Minaj. E ainda faz um dueto com a diva Chaka Khan numa música chamada “Nobody”.

Já o trio do cinema, formado por Kristen Stewart (“Crepúsculo”), Naomi Scott (“Power Rangers”) e a novata Ella Balinska (“The Athena”) chega nas telas em 14 de novembro no Brasil, um dia antes do lançamento do filme nos Estados Unidos.


Ver essa foto no Instagram

the charlie’s angels soundtrack is available for preorder now ! 👼🏼🖤 excited and honored to have so many phenomenal, bad ass mf women involved in this incredibly special project. we’re all so excited for you to hear this poppy, mildly trappy at times, action filled, dream of a soundtrack. these songs are so right for this film! this has been such a unique and exciting experience for me and i’m so excited to see it and scream whenever i hear all my friends’ voices. the time is almost here @awsuki @ilya_music ! thank u for having me along on this ride !

Uma publicação compartilhada por Ariana Grande (@arianagrande) em



Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna



Back to site top
Change privacy settings