Gillian Anderson será Margaret Thatcher na série The Crown



A Netflix oficializou a participação da atriz Gillian Anderson (a Dana Scully de “Arquivo X”) no papel da primeira-ministra Margaret Thatcher (1925-2013) na 4ª temporada da série “The Crown”.

“Eu estou tão feliz em me juntar ao elenco e equipe de The Crown e por ter a oportunidade de interpretar uma mulher tão complicada e controversa. Thatcher era sem dúvida formidável, mas eu estou adorando explora-la além da superfície, e, me atrevo a dizer, me apaixonando pelo ícone que, ou amada ou desatestada, definiu uma era”, disse Gillian no comunicado da plataforma, divulgado nas redes sociais.

A atriz é namorada de Peter Morgan, autor da série.

Margaret Thatcher foi a primeira mulher a governar o Reino Unido e ficou no poder por mais de 10 anos, tornando-se uma das principais figuras da política britânica. Ela também foi uma das governantes mais conservadoras da Grã Bretanha, tornando-se odiada por grande parte da população ao agravar uma recessão e provocar desemprego em massa como consequência de atos de privatização de estatais britânicas, tentar criar novos impostos e mandar reprimir protestos com violência. Sua popularidade se recuperou graças à ditadura argentina, quando venceu a chamada “guerra das Falklands/Malvinas” contra o país sul-americano.

Além de Thatcher, a produção também vai introduzir a princesa Diana na trama de seu quarto ano. A personagem será interpretada pela jovem Emma Corrin, vista atualmente na série “Pennyworth”.



A 4ª temporada vai abordar o reinado de Elizabeth II durante os anos 1980 e já começou a ser gravada. A Netflix também informou que estreará a 3ª temporada no dia 17 de novembro com a introdução de um novo elenco, encabeçado por Olivia Colman, vencedora do Oscar por “A Favorita”, substituindo Claire Foy no papel da rainha britânica na década de 1970.


Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna



Back to site top
Change privacy settings