Filho de Betty Faria e Daniel Filho é investigado por suspeita de tráfico

O Departamento Geral de Combate à Corrupção ao Crime Organizado e à Lavagem de Dinheiro (DGCOR-LD) da Polícia Civil do Rio de Janeiro cumpriu durante a sexta-feira (20/9) mandados de busca e apreensão em endereços ligados a João de Faria Daniel, filho da atriz Betty Faria e do diretor Daniel Filho.

Ele e o empresário Leandro Martins de Almeida são investigados por suposta parceria em envolvimento com o tráfico de drogas.

João de Faria já havia sido alvo da Operação Celebrate, em março, em outra investigação da DGCOR-LD sobre agiotagem e lavagem de dinheiro. Na ocasião, a polícia informou que o filho de Betty Faria teria conseguido drogas como ecstasy e MD para uma festa de aniversário que ocorreu em um local de luxo na zona sul carioca.

Já Leandro e o irmão Leonardo Martins de Almeida foram alvos da Operação Onzema, em setembro do ano passado, quando foram cumpridos mandados de busca e apreensão também por lavagem de dinheiro e agiotagem. Os mandados foram cumpridos em um condomínio de luxo na Barra da Tijuca, onde os dois moram. Na ocasião, foram apreendidos um helicóptero, carros importados, joias, relógio, além de documentos e computadores.

O advogado João Francisco Neto, que defende João Daniel, disse à imprensa: “A investigação se arrasta há meses, diversas pessoas foram ouvidas e já esta mais do que comprovado que meu cliente não tem qualquer envolvimento com praticas criminosas. Em vez de arquivar o inquérito, realiza-se uma busca na tentativa de encontrar algo ilícito, caracterizando inaceitável abuso de poder”.