Nova Gossip Girl pode ter participação do elenco original



O criador de “Gossip Girl”, Josh Schwartz, afirmou que o elenco original da série pode participar do revival atualmente em desenvolvimento para a vindoura plataforma HBO Max. Em conversa com a imprensa americana durante o encontro semestral da TCA (Associação dos Críticos de TV dos EUA), Schwartz confirmou que a produção não será um remake, mas uma continuação centrada em novos personagens. E que, portanto, “Serena, Blair & companhia existem no mundo do novo drama”.

Dito isto, a porta está aberta para as estrelas originais, que incluem Blake Lively e Leighton Meester, fazer aparições. “Entramos em contato com todos eles para que saibam que isso está acontecendo e gostaríamos que eles se envolvessem se quisessem se envolver”, disse Schwartz. “Mas nós certamente não queremos depender da participação deles. Eles tocaram esses personagens por seis anos e queremos respeitar isso. Mas, obviamente, seria ótimo vê-los novamente. ”

Schwartz foi ao encontro do TCA falar de “Looking for Alaska”, sua nova produção para a Hulu, e a 3ª temporada de “Runaways”, mas acabou bombardeado de perguntas sobre o recém-anunciado revival de “Gossip Girl”. Assim, acabou mencionando que a ideia de uma nova “Gossip Girl” era algo que ele e a co-criadora Stephanie Savage “vinham falando muito nos últimos dois anos”, e que o produtor-roteirista Joshua Safran, que trabalhou na série original, foi tem que sugeriu a abordagem da continuação. “Ele teve uma ótima ideia, que fez parecer que este era o momento de retomar”, explicou Schwartz. “Ele definitivamente queria subverter o paradigma original”.



A nova série terá 10 episódios e apresentará uma nova geração de estudantes lindos e ricos das escolas de elite de Manhattan. De acordo com a anúncio da HBO Max, o programa “abordará o quanto a mídia social – e a paisagem de Nova York – mudaram” desde o fim de “Gossip Girl”, exibida entre 2007 e 2012.

A série original foi um fenômeno entre o público adolescente e diversos de seus atores seguiram carreiras de sucesso, como Blake Lively, que virou atriz de cinema, Penn Badgley, atualmente matador na série “Você” (You), Leighton Meester, na série “Single Parents”, e Chace Crawford, em “The Boys”, lançada nesta sexta (27/7) na Amazon. Mas também há o caso de Taylor Momsen, que trocou a carreira de atriz pela de roqueira endiabrada, à frente da banda The Pretty Reckless, e o de Ed Westwick, que recentemente sofreu várias denúncias de estupro.

Ainda não há previsão de estréia para “Gossip Girl 2.0”.


Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna



Back to site top
Change privacy settings