Toy Story 4 mantém liderança e assusta Annabelle 3 nas bilheterias dos EUA



Os bonecos horrorosos não tiveram a menor chance contra a fofura de Woody, Buzz Lightyear e companhia. Após massacrar “Brinquedo Assassino” em sua estreia na semana passada, “Toy Story 4” deu um susto enorme em “Annabelle 3: De Volta para Casa” em sua segunda semana em cartaz.

A animação da Disney/Pixar somou mais US$ 57,9M (milhões) entre quinta e domingo (30/6), enquanto o terror estreante “Annabelle 3” não conseguiu nem metade dessa arrecadação. Com US$ 20,3M, contentou-se com um 2º lugar que ficou bem distante das expectativas da Warner.

A abertura de “Annabelle 3” foi a pior dentre todos os lançamentos do “universo Invocação do Mal”, demonstrando sinais de fadiga da franquia. Até então, o desempenho mais fraco tinha sido “A Maldição da Chorona”, lançado há dois meses com US$ 26,3M em seus primeiros dias na América do Norte.

Para dar maior dimensão ao fracasso, o azarão da semana, o musical “Yesterday”, que imagina um mundo em que apenas um cantor amador lembra das canções dos Beatles, abriu em 3º lugar com US$ 17M, muito próximo da renda do terror.

Em franco contraste com a continuação horrorosa, “Yesterday” superou prognósticos para se tornar o lançamento mais bem-sucedido da carreira do cineasta inglês Danny Boyle nos Estados Unidos e Canadá. O antigo recordista era “A Praia”, que fez US$ 15,2M em seus primeiros três dias no ano 2000.

A estreia de “Yesterday” só vai acontecer no Brasil daqui a dois meses, em 29 de agosto.

Enquanto isso, “Toy Story 4” atingiu US$ 236,9M em 10 dias de exibição na América do Norte e quase US$ 500M mundiais.

O resto do ranking foi movimentado por outra produção da Disney. O truque do relançamento de “Vingadores: Ultimato” recolocou o filme dos super-heróis no Top 10, na 7ª posição. Mas os US$ 5,5M arrecadados foram insuficientes para atingir a meta que motivou o esforço comercial: superar “Avatar”. Os Vingadores agora estão com US$ 2,73 bilhões de bilheteria mundial, menos de US$ 30M atrás de “Avatar”, mas a diferença parece cada vez mais inatingível.

Curioso reparar que, mesmo assim, o longa ficou à frente de “Brinquedo Assassino”, lançado há 10 dias. O terror levou um tombo sobrenatural, do 2º para o 8º lugar, de uma semana para outra.

O ranking também registrou a saída de “X-Men: Fênix Negra” e “Godzilla II: Rei dos Monstros” do Top 10, após, respectivamente, quatro e cinco semanas em cartaz e bilheterias irrisórias.

Confira abaixo os rendimentos dos 10 filmes mais vistos no final de semana nos Estados Unidos e no Canadá, e clique em seus títulos para ler mais sobre cada produção.



BILHETERIAS: TOP 10 América do Norte

1. Toy Story 4
Fim de semana: US$ 57,9M
Total EUA e Canadá: US$ 236,9M
Total Mundo: US$ 496,5M

2. Annabelle 3: De Volta para Casa
Fim de semana: US$ 20,3M
Total EUA e Canadá: US$ 31,2M
Total Mundo: US$ 76,2M

3. Yesterday
Fim de semana: US$ 17M
Total EUA e Canadá: US$ 17M
Total Mundo: US$ 24,7M

4. Aladdin
Fim de semana: US$ 9,3M
Total EUA e Canadá: US$ 305,8M
Total Mundo: US$ 874,1M

5. Pets – A Vida Secreta dos Bichos 2
Fim de semana: US$ 7M
Total EUA e Canadá: US$ 131,2M
Total Mundo: US$ 223M

6. MIB: Homens de Preto – Internacional
Fim de semana: US$ 6,5M
Total EUA e Canadá: US$ 65M
Total Mundo: US$ 219M

7. Vingadores: Ultimato
Fim de semana: US$ 5,5M
Total EUA e Canadá: US$ 841,3M
Total Mundo: US$ 2,7B

8. Brinquedo Assassino
Fim de semana: US$ 4,2M
Total EUA e Canadá: US$ 23,4M
Total Mundo: US$ 23,4M

9. Rocketman
Fim de semana: US$ 3,8M
Total EUA e Canadá: US$ 84,1M
Total Mundo: US$ 165,5M

10. John Wick 3: Parabellum
Fim de semana: US$ 3,1M
Total EUA e Canadá: US$ 161,3M
Total Mundo: US$ US$ 303,6M



Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna



Back to site top
Change privacy settings