Stranger Things vai ajudar Coca-Cola a relançar seu maior fracasso comercial



A Coca-Cola fechou uma parceria de marketing com a Netflix para relançar a New Coke, uma versão diferente de seu refrigerante, que é conhecida como o maior fracasso comercial da história da empresa.

A New Coke chegou aos supermercados no verão de 1985, acompanhada por grande campanha publicitária, que prometia um refrigerante que revolucionaria o sabor tradicional da Coca-Cola com uma nova fórmula. Mas os consumidores rejeitaram completamente a mudança, querendo o refrigerante original. Assim, a New Coke virou “old Coke” após apenas 79 dias de vendas, sendo rapidamente retirada do mercado e substituída pela versão original.

O fracasso da New Coke virou lição obrigatória para as escolas de marketing. Mas a Coca-Cola topou o desafio de escrever um novo capítulo nessa parábola de consumo moderno.

Aproveitamento que a nova temporada de “Stranger Things” vai se passar, justamente, no verão de 1985, a empresa vai colocar a New Coke de volta nas prateleiras. Primeiro, no 1985 da ficção. E depois no 2019 que existe fora da matrix de maratonas da Netflix.

Para o relançamento, a New Coke aparecerá em diversos episódios da 3ª temporada da produção original, que estreia em 4 de julho. Além disso, os criadores da série desenvolveram comerciais do produto, em que personagens de “Stranger Things” aparecem consumindo o refrigerante, acompanhados pela música original dos anúncios da marca em 1985. Uma das peças já está sendo veiculada online (veja abaixo) e chegará em um seleto número de cinemas a partir de sexta-feira (24/5).

A campanha da Coca-Cola também marca a estreia dos irmãos Matt e Ross Duffer como diretores de comerciais.

O mais curioso nisto tudo, porém, é que a ideia de relançar a New Coke partiu dos próprios irmãos Duffer, como piada.


“Quando perguntamos a eles ‘Como nós podemos fazer a 3ª temporada bombar?’, eles disseram: ‘Tragam a New Coke de volta’”, contou Barry Smyth, chefe de parcerias de marketing global da Netflix, sobre o projeto.

A Netflix contatou então a equipe de marketing da Coca-Cola, que recebeu a deia de incorporar a New Coke na narrativa da série com “dez minutos de silêncio”, segundo a descrição de Smyth. Mas, “depois de um pouco de insistência” a “Coca-Cola abraçou a oportunidade”.

Esta não será a primeira vez que “Stranger Things” promove um produto específico. Começou com o “Eggo Waffles”, que apareceu com frequência na narrativa da 1ª temporada e passou a envolver mais a empresa no segundo ano, com o lançamento de receitas do produto ligadas aos episódios. A 2ª temporada também teve acordo de “product placement” com o KFC.

Como a Netflix não tem anúncios, adotou o product placement em diversas de suas séries.

Apesar da grandeza do negócio, a New Coke terá um relançamento limitado, restrito ao e-commerce da empresa e em máquinas de vendas especiais, com design inspirado em “Stranger Things”, que serão instaladas em algumas cidades não divulgadas dos Estados Unidos. Não está claro se o produto chegará a outros países.



Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna



Back to site top
Change privacy settings