The Boys ganha trailer mais violento já visto numa série de super-heróis


A Amazon divulgou o segundo trailer de “The Boys”. E é a prévia mais violenta e insana já vista para apresentar uma série de super-heróis, capaz de dar outro sentido à expressão “sufocar de amor”. Melhor ver (abaixo) que descrever.

O material polêmico definitivamente não é para o público dos filmes da Marvel. Afinal, é baseada em publicação de quadrinhos adultos de Garth Ennis, que também criou “Preacher”.

Os responsáveis pela produção são os mesmos que transformaram “Preacher” em série escatológica, o ator Seth Rogen e seu parceiro Evan Goldberg, que agora se juntaram a Eric Kripke, criador de “Supernatural” e “Timeless”, para desenvolver a nova atração.

A prévia traz um esboço de explicação da trama. Em resumo, a história acompanha um grupo de vigilantes truculentos, que recebem a missão de investigar as atividades clandestinas dos super-heróis para a CIA. O motivo é que, a grosso modo, pessoas comuns se transformam em babacas quando ganham super-poderes e passam a acreditar que são intocáveis. E para lidar com um monte de super-heróis metidos, só mesmo pessoas ainda mais insuportáveis, capazes de resolver problemas delicados de forma brutal.



O elenco inclui Karl Urban (“Thor: Ragnarok”), Karen Fukuhara (“Esquadrão Suicida”), Jack Quaid (“Jogos Vorazes”), Tomer Capon (“7 Dias em Entebbe”) e Laz Alonso (“Velozes e Furiosos 4”) como os Boys – e uma girl – do título, além de Antony Starr (série “Banshee”), Chace Crawford (série “Gossip Girl”), Dominique McElligott (série “House of Cards”), Nathan Mitchell (“Scorched Earth”), Jessie T. Usher (“Independence Day: Ressurgimento”) e Erin Moriarty (série “Jessica Jones”) como os super-heróis babacas.

Para completar, Simon Pegg (“Missão Impossível: Efeito Fallout”) tem participação especial como o pai do personagem de Jack Quaid.

A série terá 8 episódios em sua 1ª temporada, e o capítulo inaugural vem assinado pelo cineasta Dan Trachtenberg (“Rua Cloverfield, 10”), com lançamento em 26 de julho na plataforma de streaming da Amazon.


Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna



Back to site top
Change privacy settings