Dora e a Cidade Perdida ganha primeiro trailer repleto de aventura



A Paramount divulgou o primeiro trailer do filme live-action de “Dora, a Aventureira” (Dora the Explorer), que foi batizado de “Dora e a Cidade Perdida”. A prévia resume boa parte da história, com idas, vindas e reviravoltas repletas de humor e ação, que colocam “Dora e seus amigos da cidade” numa aventura na selva.

Desde que estreou em 2000, a série original animada do canal infantil Nickelodeon já exibiu quase 200 episódios em formato educativo, no qual os personagens resolvem desafios que geram perguntas para os espectadores mirins. Fez tanto sucesso que gerou um spin-off, “Dora e Seus Amigos na Cidade”.

O trailer mostra que o filme junta as premissas das duas séries, mas deixa o aspecto educativo de lado para apresentar a jovem como uma espécie de Lara Croft adolescente, filha de um casal Indiana Jones latino, que vai precisar de todas as suas habilidades para salvar a si e a seus colegas de escola de um sequestrador que os arrasta para os trópicos em busca de um tesouro perdido.

A produção traz a atriz Isabela Moner (de “Transformers: O Último Cavaleiro”) no papel-título – por coincidência, a jovem de 17 anos já fazia parte do universo de Dora, como a dubladora original de Kate, uma das amigas da protagonista na série derivada.



E o elenco ainda destaca Eva Longoria (“Desperate Housewives”) e Michael Peña (“Homem-Formiga e a Vespa”) como os pais da pequena aventureira, além de Eugenio Derbez (“Não Aceitamos Devoluções”), Madeleine Madden (“Tidelands”), Temuera Morrison (“Aquaman”), Adriana Barraza (“The Strain”), Q’orianka Kilcher (“The Alienist”), Nicholas Coombe (“The Magicians”), Jeffrey Wahlberg (sobrinho de Mark Wahlberg ) e Danny Trejo (“Machete”) como a voz do macaco Botas.

O roteiro foi escrito por Nicholas Stoller (“As Aventuras do Capitão Cueca: O Filme”) e a direção está a cargo de James Bobin (“Alice Através do Espelho”), que voltam a se juntar após a parceria de “Os Muppets” (2011).

“Dora e a Cidade Perdida” tem estreia marcada para 15 de agosto no Brasil, duas semanas depois do lançamento nos Estados Unidos.


Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna



Back to site top
Change privacy settings