Teaser da Fox confirma nova série de Barrados no Baile com elenco original


É oficial. A Fox vai produzir uma nova série baseada em “Barrados no Baile” (Beverly Hills, 90210), uma das séries de maior sucesso dos anos 1990. A rede americana divulgou um vídeo para anunciar o programa, que será uma minissérie de seis episódios, prevista para estrear no meio do ano, durante o verão norte-americano. Veja abaixo.

Conforme vinha sendo noticiado, seis atores do elenco original estarão de volta na continuação: Jason Priestley (Brandon), Jennie Garth (Kelly), Ian Ziering (Steve), Gabrielle Carteris (Andrea), Brian Austin Green (David) e Tori Spelling (Donna).

Mas a nova produção não será uma sequência direta da série, como o “90210” da rede CW, que em 2008 usou os personagens originais como gancho para apresentar a nova geração mimada de Beverly Hills

Desta vez, astros não interpretarão seus personagens, mas versões de si mesmos. A trama vai acompanhar um reencontro entre Jason, Jennie, Ian, Gabrielle, Brian e Tori, quando um deles sugere um revival de “Barrados no Baile”. A série vai acompanhar o processo para tirar o projeto do papel, que promete, segundo os produtores, ser mais dramático que a ficção.



Por sinal, os seis atores são creditados como produtores da atração, ao lado de Chris Alberghini e Mike Chessler, que trabalharam como roteiristas-produtores do reboot “90210” e voltarão como showrunners.

Criada por Darren Star e produzida por Aaron Spelling, a série original durou uma década, de 1990 a 2000, e ajudou a definir parte dos anos 1990. Também faziam parte da série Shannen Doherty, que ficou mais conhecida pelos problemas que causou nos bastidores da produção e hoje luta contra o câncer, e Luke Perry, atualmente no elenco de “Riverdale” como pai de Archie Andrews.

Já o reboot “90210” ficou no ar por cinco temporadas, de 2008 a 2013, e, além de revelar o destino de alguns dos personagens originais, também lançou uma nova geração de atores.



Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna



Back to site top
Change privacy settings