Aquaman atinge US$ 200 milhões nas bilheterias da China



“Aquaman” está se provando um fenômeno na China. O filme do super-herói da DC Comics atingiu US$ 200 milhões nas bilheterias do país na terça (18/12), após 12 dias de exibição.

Até o final da semana, o longa deve superar a bilheteria total do filme mais bem-sucedido da Warner de todos os tempos no mercado chinês, “Jogador Nº 1”, que fez US$ 218 milhões entre março e abril.

Nesta quarta-feira (19/12), a expectativa é que supere os US$ 300 milhões de arrecadação mundial.



Em cartaz em 41 países, o filme ainda não estreou nos Estados Unidos, onde só chega oficialmente (sem contar premières) na sexta (21/12) para enfrentar uma concorrência fortíssima.

O super-herói vai enfrentar os poderes combinados do marketing da Disney e da Paramount, que lançam no mesmo dia “O Retorno de Mary Poppins” e “Bumblebee”, num circuito que acaba de receber “Homem-Aranha no Aranhaverso”, da Sony.

Mesmo assim, as projeções dos analistas de mercado consideram que “Aquaman” ficará com o topo das bilheterias, faturando US$ 72 milhões entre sexta-feira e domingo. Entretanto, como há um feriadão de Natal na sequência, o montante pode superar US$ 120 milhões nos primeiros cinco dias de exibição – isto é, de 21 a 25 de dezembro – nos Estados Unidos e no Canadá.


Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna



Back to site top
Change privacy settings