J.K. Rowling repercute e comenta as revelações do novo trailer de Animais Fantásticos

A divulgação do terceiro trailer de “Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald” levou a escritora J.K. Rowling ao Twitter, diante da euforia dos fãs por uma surpresa da prévia. Responsável pelo roteiro do filme (assim como o de seu antecessor, lançado em 2016), ela abordou a revelação de que a personagem de Claudia Kim (atriz da série “Marco Polo”), estreante na franquia, é na verdade Nagini, que se tornará a cobra de Voldemort.

Rowling afirmou que Nagini não é uma Animaga, tipo de feiticeira mostrada na saga “Harry Potter” que consegue se transformar em um animal. Em vez disso, ela é uma Maledictus, uma criatura amaldiçoada que a autora introduzirá no filme.

Segundo a escritora, Maledictus são sempre mulheres e carregam uma maldição em seu sangue, passada de mãe para filha. Nagini, atualmente uma artista de circo que consegue se transformar em cobra à vontade, um dia ficará presa em sua forma de réptil para sempre.

Por fim, Rowling contou que sabia do passado de Nagini desde que iniciou a franquia “Potter”, no final dos anos 1990. “Estou guardando esse segredo há 20 anos, mais ou menos”, brincou.

Fãs da saga “Harry Potter” sabem que Nagini, além da fiel cobra de estimação de Voldemort, era também uma de suas Horcruxes, artefatos imbuídos com pedaços de sua alma que garantiam sua “imortalidade”. A serpente é morta por Neville Longbottom durante a Batalha de Hogwarts, retratada no último livro e filme de “Harry Potter”.

Em entrevista para a revista Entertainment Weekly, a intérprete da personagem, Claudia Kim, revelou que a personagem tem consciência de seu destino terrível. “Ela sente a pressão, sua vida é como uma bomba prestes a explodir”, comentou a atriz. “Ela sente que às vezes não consegue controlar suas transformações, e que um dia aquilo será permanente”.

“Será interessante ver outro lado de Nagini, as pessoas só a conheceram como uma das Horcruxes”, continua. “Aqui, ela é uma mulher maravilhosa e vulnerável, que quer viver. Ela só quer continuar humana, e acho que isso é um contraste interessante”.

Outro tópico que motivou posts de Rowling no Twitter foi a decisão do jovem Dumbledore (Jude Law) de não enfrentar o mago das trevas Gindelwald (Johnny Depp) pessoalmente, optando por enviar o astro do primeiro filme da franquia, Newt Scamander (Eddie Redmayne), em seu lugar. Rowling explicou que “ele tem suas razões”. “Sejam pacientes”, sugeriu.

A autora já tinha revelado, anteriormente, que Dumbledore foi apaixonado por Grindelwald quando eles eram adolescentes. Em uma cena do trailer, vemos o professor de Hogwarts vislumbrando uma versão jovem do mago das trevas no espelho de Ojesed, que mostra o anseio mais profundo da alma de quem o olha.

Rowling garantiu que uma parte do passado dos dois personagens será abordada neste filme, mas que não explorará tudo de uma vez, uma vez que “Animais Fantásticos” foi planejada como uma saga de cinco longas.

O segundo capítulo da saga, “Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald”, estreia em 15 de novembro nos cinemas brasileiros, um dia antes do lançamento nos Estados Unidos.