Neill Blomkamp sugere que seu RoboCop deve ser interpretado pelo ator do filme original

O diretor sul-africano Neill Blomkamp (de “Distrito 9”, “Elysium” e “Chappie”) respondeu no Twitter à dúvida de um seguidor sobre o novo filme do RoboCop, que ele vai dirigir. Questionado sobre quem deveria viver o personagem na nova versão, ele foi direto: Peter Weller.

O ator que foi protagonista de “Robocop” (1987) e “Robocop 2” (1990) ainda está na ativa, tendo interpretado o vilão da temporada passada de “The Last Ship”.

Por coincidência, o longa deve se chamar “RoboCop Returns” e se baseia num roteiro dos criadores do clássico de 1987, Edward Neumeier e Michael Miner, que estão envolvidos na produção.

A trama foi originalmente concebida para ser o segundo filme da franquia e previa que um astro de reality show se tornaria presidente dos Estados Unidos. A ficção se tornou realidade e a MGM achou que a coincidência valia uma revisitação, recuperando o roteiro original que em 1990 foi preterido por uma história tosca do autor de quadrinhos Frank Miller.

O roteirista Justin Rhodes, que escreveu a vindoura continuação de “O Exterminador do Futuro”, será responsável por reescrever e atualizar o conceito original.

Em entrevista ao Deadline, Blomkamp afirmou que o “RoboCop” original é uma de suas grandes influências cinematográficas. “É um grande clássico do final século 20. Uma sequência que for realmente passada no mundo do filme de Paul Verhoeven é algo que eu adoraria assistir”, disse.

A influência de “RoboCop” é bastante clara no longa mais recente do diretor. Em “Chappie” (2015), um robô policial ganhava consciência e desafiava as autoridades.

Em 2014, o diretor brasileiro José Padilha (de “Tropa de Elite”) dirigiu um remake de “RoboCop”, com Joel Kinnaman no papel-título, mas este filme deve ser ignorado, caso leve mesmo adiante o plano de escalar Weller no papel principal. O longa de Padilha não se saiu tão bem no mercado norte-americano, mas arrecadou US$ 240 milhões em todo o mundo e teve desempenho particularmente forte na China.